SAÚDE

Centro de contingência da Covid-19 recomenda uso de máscaras dentro de casa

Publicados

em


source
Máscara
GettyImages

Coordenador destaca importância da proteção indiividual

O coordenador do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo, João Medina, comentou nesta quinta-feira (19) o aumento de casos e internações para tratar a doença no estado. Segundo ele, as medidas de prevenção não devem ser esquecidas pela população de maneira individual e pedem ainda mais atenção neste momento delicado da pandemia no estado.

“Neste momento em que existe um aumento de casos, é importante o cuidado individual para que a disseminação seja contida”, disse. “O principal deles é o uso de máscara, que deve ser usada muitas vezes até no domicílio”. Ele destaca que o uso integral deve ocorrer, principalmente, nos casos em que alguns membros da família circulam por ambientes externos.

“Eu vou dar um exemplo: na minha casa, se eu não consigo manter o distanciamento, eu uso máscara em todos os ambientes. Pensando na minha proteção individual e no meu compromisso com a minha família e meus vizinhos”, afirmou o profissional de saúde.

Leia Também:  Sábado (11): Mato Grosso registra 28.526 casos e 1.047 óbitos por Covid-19

Além disso, Medina destacou que “o principal fator que faz com que o número de casos cresça é a realização de festas e aglomerações, além das eleições que causaram um aumento em todos os estados brasileiros”, e pediu cuidado para a realização de eventos.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

“Governo já deveria ter anunciado programa de imunização”, diz Doria

Publicados

em


source
Doria
O Antagonista

Doria critica Ministério da Saúde

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) criticou, nesta quinta-feira (26), o atraso do governo fedeeral em divulgar um plano nacional para imunização contra a Covid-19. “É inadmissível que o governo federal ainda não tenha anunciado um programa nacional de imunização. Nós já temos 3 vacinas em fase de aprovaçãao pela Anvisa”, destacou o governador.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Doria ainda destacou que “nada neste momento é mais importante que a vacina, que salva vidas e vai permitir o alento e a esperança de todos os brasileiros”.

De acordo com o Ministério da Saúde, o plano será entregue até o final da próxima semana, com a previsão de uma campanha nacional e inicialmente voltada aos grupos prioritários como profissionais de saúde, idosos e pessoas com comorbidades. Apesar do atraso, o plano deve ficar pronto antes de qualquer aprovação de registro das vacinas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Leia Também:  Estado prova ter sedativos para internados por Covid-19 e Justiça nega liminar em ação do MPSC
Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA