Rondônia

Comitê de Desenvolvimento Socioeconômico discute ações para minimizar os efeitos da pandemia na economia do Estado

Publicados

em


Foram discutidas medidas que serão adotadas para melhorar os efeitos da economia do empresariado


Com intuito de promover ações emergenciais que possam minimizar os impactos nos setores produtivos do Estado, em virtude da pandemia, o Governo de Rondônia instituiu o Comitê de Desenvolvimento Socioeconômico das Ações de Recuperação Econômica, composto pelo poder Executivo, Legislativo e Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Rondônia (Facer).

Em sua segunda reunião, ocorrida nesta sexta, (20) e liderada pelo coordenador técnico da Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), Paulo Renato Haddad foram discutidas medidas que serão adotadas para melhorar os efeitos da economia do empresariado.

Paulo Renato explica que a ideia é ouvir a sociedade e transforme esse diálogo em ações emergenciais, que possam gerar mais renda. “Em menos de um mês já estamos na segunda reunião com o conselho econômico e com isso, conseguimos identificar o que podemos mudar imediatamente e o que podemos construir como uma ponte para minorar esses efeitos e, também, para seguirmos em frente, causando o efeito benéfico sobretudo à classe empresarial”, observou.

Em sua segunda reunião, o conselho econômico conseguiu identificar o que poderá mudar imediatamente e o que pode ser construído como uma ponte para minorar esses efeitos

Algumas respostas já foram apresentadas nesta segunda reunião, a exemplo dos recursos disponibilizados no microcrédito e que já passarão por uma ampliação significativa, com a meta antecipada para maio de 2021. Entre outros assuntos pautados estão: solicitação da Câmara de Diretores Lojistas de apoio por parte do Governo para a campanha do “Compre Aqui”, solicitaram também a criação de Selo Verde, Lei de Liberdade econômica, entre outros assuntos.

Leia Também:  Veja quais são os dez municípios que mais abriram empresas durante pandemia

O objetivo é dar continuidade às reuniões, mapeando as informações fornecidas pelo Comitê, sobretudo da classe empresarial, trazendo as respostas das ações que já estão em operação e que podem se beneficiar disso, além de levar a cabo a ação de atender o que for legalmente plausível.

O propósito maior da instituição do Comitê é estar mais próximo possível da sociedade em geral e fazer com que as dificuldades do setor produtivo sejam minimizadas. A próxima reunião do Comitê está prevista para o dia 3 de dezembro.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Estudantes do terceiro ano da Rede Estadual de Rondônia participam do 2º simulado para o Enem 2020

Publicados

em


2° Simulado Estadual Digital, é um preparatório para os estudantes que farão o Enem 2020

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realiza de 23 a 26 de novembro o 2° Simulado Estadual Digital, através da Plataforma “Agora vai Enem”, com o objetivo de preparar os estudantes dos terceiros anos, matriculados na Rede Estadual de Ensino, para as avaliações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, que serão aplicadas em janeiro e fevereiro de 2021, conforme anunciou o Ministério da Educação (MEC).

A programação para o 2° Simulado Estadual Digital será da seguinte forma: nos dias 23 e 24 de novembro (segunda e terça-feira) serão aplicadas as avaliações de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, e nos dias 25 e 26 de novembro (quarta e quinta-feira) as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

O estudante pode acessar a plataforma com o seu login e senha de acesso e realizar as avaliações das 7h00 às 23h59. As avaliações vão ter duração de 4h30 e no final das provas, o aluno deve clicar no botão enviar prova.

Leia Também:  Cate e Ade Sampa realizam mais de 256 mil atendimentos a trabalhadores e empreendedores durante a pandemia

De acordo com o secretário de Educação, Suamy Vivecananda, o simulado é uma oportunidade para o estudante que está se preparando para o Enem, de testar os conhecimentos, e avaliar o desempenho.

Em setembro a Seduc realizou o primeiro Simulado Estadual Digital 2020, e teve o cuidado de selecionar questões em formato e conteúdo que seguem o padrão das provas realizadas pelo Enem, assim, cada dia de prova teve o total de 90 questões. A adesão a essa versão do Simulado Estadual ocorreu em todas as Coordenadorias Regionais de Educação, atingindo no primeiro dia de simulado 6.789 estudantes e no segundo dia 6.269. Foram entregues para a Plataforma o total de 4.368 redações.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA