RIO GRANDE DO SUL

Governador participa de ato virtual pelo Dia Internacional da Democracia

Publicados

em


.

Reunindo lideranças e personalidades do Brasil e de outros países em uma videoconferência transmitida pelas redes sociais, o 4º Ato do movimento Direitos Já! celebrou, nesta terça-feira (15/9), o Dia Internacional da Democracia.

Participaram do evento o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, governadores – entre eles o do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite -, ex-governadores, presidentes de partidos, ativistas, intelectuais e lideranças da sociedade civil nacional e internacional.

Na sua manifestação, Leite parabenizou a mobilização do Direitos Já! e destacou a importância da democracia. “Todos os jogos precisam de regras claras e, no jogo da vida, a democracia é a regra do jogo, funcionando para que milhões de pessoas possam viver no mesmo território, sabendo respeitar as diferenças, respeitando as opiniões alheias. É o caminho e o instrumento para que a gente possa conviver em harmonia num país, estado, cidade, enfim, em comunidade”, disse.

“E uma democracia deve oferecer nas suas regras a oportunidade da contestação, arenas claras, seja nas urnas, nas instituições estabelecidas para que a contestação possa se apresentar para aqueles que pensam diferente sem necessidade de buscar exterminar uns aos outros. De forma que se possa focar nos verdadeiros inimigos que temos de exterminar na nossa sociedade, que são a desigualdade, a pobreza, a miséria e, nos dias atuais, especialmente as doenças e o coronavírus. Nós já temos inimigos demais para fazermos de inimigos a nós mesmos, dentro do nosso povo”, completou o governador gaúcho.

Leia Também:  Após queda expressiva em abril, mortes no trânsito voltam a crescer

Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Secom

Fonte: Governo RS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

RIO GRANDE DO SUL

Leite participa de debate virtual da Sergs sobre reforma administrativa

Publicados

em


O governador Eduardo Leite participou, na manhã desta quinta-feira (1/10), de debate virtual organizado pela Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (Sergs). Com o tema “Reforma administrativa e reorganização do Estado para erradicar a miséria”, o evento também contou com a participação do ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung e do secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Wagner Lenhart. O debate foi moderado pelo presidente da Sergs, Luís Roberto Ponte.

Primeiro a se manifestar, Leite detalhou o processo de elaboração e de aprovação da Reforma RS, conjunto de propostas para contenção do crescimento das despesas de pessoal, reforma do sistema previdenciário estadual e modernização da legislação de recursos humanos do Estado. Recentemente, a Reforma RS venceu o Prêmio Excelência em Competitividade 2020.

“Por que é tão importante reformar? Seguindo os eixos que nortearam nossas ações até aqui, precisávamos reduzir o crescimento vegetativo da folha de pagamento, que gerava um crescimento das despesas de pessoal acima da receita corrente líquida. Se o governo nada fizesse, todo ano haveria aumento no custo da folha de pagamento por aumentos automáticos conferidos nas legislações antigas. Não é admissível que a máquina pública continuasse tendo aumentos e reajustes desconectados com a situação econômica da sociedade”, detalhou o governador.

Leia Também:  Governo do Estado distribui 61 respiradores para 17 hospitais

A ex-secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão e hoje coordenadora do Comitê de Dados que coordena o modelo de Distanciamento Controlado, Leany Lemos, os secretários Claudio Gastal (Planejamento, Governança e Gestão) e Ana Amélia Lemos (Relações Internacionais e Federativas) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo, também participaram do evento.

Texto: Suzy Scarton
Edição: Secom

Fonte: Governo RS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA