RIO DE JANEIRO

Boletim Coronavírus (31/07): 13.477 óbitos e 165.495 casos confirmados no RJ

Publicados

em


.

Boletim Coronavírus (31/07): 13.477 óbitos e 165.495 casos confirmados no RJ

31 de julho de 2020

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informa que registra, até esta sexta-feira (31/07), 165.495 casos confirmados e 13.477 óbitos por coronavírus (Covid-19) no estado. Há ainda 1.014 óbitos em investigação e 323 foram descartados. Entre os casos confirmados, 141.413 pacientes se recuperaram da doença.

Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira:

Rio de Janeiro – 71.322
Niterói – 9.079
São Gonçalo – 8.417
Duque de Caxias – 6.301
Macaé – 5.629
Nova Iguaçu – 4.142
Angra dos Reis – 3.817
Volta Redonda – 3.437
Itaboraí – 3.329
Campos dos Goytacazes – 3.020
Magé – 2.507
Teresópolis – 2.444
São João de Meriti – 2.282
Belford Roxo – 2.150
Maricá – 2.125
Queimados – 2.017
Itaguaí – 1.868
Itaperuna – 1.715
Cabo Frio – 1.458
Nova Friburgo – 1.278
Petrópolis – 1.251
Rio das Ostras – 1.237
Guapimirim – 1.166
Três Rios – 1.149
Resende – 1.091
Mesquita – 985
Nilópolis – 926
Rio Bonito – 870
Barra Mansa – 855
São Pedro da Aldeia – 790
Santo Antônio de Pádua – 726
Barra do Piraí – 669
Paraíba do Sul – 623
Araruama – 618
Seropédica – 605
Tanguá – 600
Saquarema – 597
Casimiro de Abreu – 588
Mangaratiba – 561
São João da Barra – 561
Vassouras – 515
Paraty – 512
Paracambi – 491
Cachoeiras de Macacu – 457
Piraí – 417
Bom Jesus do Itabapoana – 405
São Francisco de Itabapoana – 391
Conceição de Macabu – 368
Iguaba Grande – 334
Porciúncula – 327
Valença – 326
São José do Vale do Rio Preto – 324
Quissamã – 309
Pinheiral – 304
Natividade – 283
Armação dos Búzios – 243
Miracema – 242
Sapucaia – 232
Japeri – 229
Itaocara – 223
Carapebus – 217
Italva – 210
Miguel Pereira – 208
Rio Claro – 208
São Fidélis – 205
Cardoso Moreira – 202
Laje do Muriaé – 196
Porto Real – 185
Itatiaia – 161
Paty do Alferes – 152
Aperibé – 141
Varre-Sai – 137
São José de Ubá – 123
Arraial do Cabo – 121
Areal – 119
Silva Jardim – 115
Cambuci – 102
Carmo – 98
Engenheiro Paulo de Frontin – 97
Mendes – 95
Bom Jardim – 94
Cordeiro – 94
Comendador Levy Gasparian – 86
Santa Maria Madalena – 84
Quatis – 57
Trajano de Moraes – 47
Cantagalo – 46
Duas Barras – 43
Macuco – 43
Sumidouro – 41
São Sebastião do Alto – 17
Rio das Flores – 14

Leia Também:  Com novo aumento expressivo, MS perde posto de menor número de casos confirmados de coronavírus do País

As 13.477 vítimas de Covid-19 no estado foram registradas nos seguintes municípios:

Rio de Janeiro – 8.310
São Gonçalo – 587
Duque de Caxias – 576
Nova Iguaçu – 429
São João de Meriti – 319
Niterói – 309
Campos dos Goytacazes – 211
Belford Roxo – 209
Itaboraí – 167
Magé – 158
Petrópolis – 144
Mesquita – 135
Nilópolis – 124
Volta Redonda – 118
Angra dos Reis – 115
Macaé – 114
Itaguaí – 89
Teresópolis – 85
Maricá – 83
Cabo Frio – 79
Barra Mansa – 68
Nova Friburgo – 65
Rio das Ostras – 58
Resende – 46
Três Rios – 45
Guapimirim – 44
Saquarema – 43
Araruama – 42
Seropédica – 41
Queimados – 40
Barra do Piraí – 37
Tanguá – 36
Rio Bonito – 34
Itaperuna – 30
Mangaratiba – 28
Cachoeiras de Macacu – 25
Paracambi – 24
Iguaba Grande – 23
Paraty – 23
Paraíba do Sul – 22
Sapucaia – 21
São Francisco de Itabapoana – 20
Japeri – 19
Vassouras – 19
Casimiro de Abreu – 17
São Pedro da Aldeia – 17
São Fidélis – 15
Itaocara – 13
São José do Vale do Rio Preto – 13
Quissamã – 12
Miguel Pereira – 11
Armação dos Búzios – 10
Bom Jesus do Itabapoana – 10
Porciúncula – 10
Rio Claro – 10
Valença – 10
São João da Barra – 9
Pinheiral – 8
Piraí – 8
Sumidouro – 7
Conceição de Macabu – 6
Porto Real – 6
Santo Antônio de Pádua – 6
Aperibé – 5
Arraial do Cabo – 5
Italva – 5
Paty do Alferes – 5
Carapebus – 4
Itatiaia – 4
Silva Jardim – 4
Areal – 3
Bom Jardim – 3
Engenheiro Paulo de Frontin – 3
Miracema – 3
Natividade – 3
Carmo – 2
Macuco – 2
Mendes – 2
Rio das Flores – 2
Santa Maria Madalena – 2
Cambuci – 1
Cantagalo – 1
Cardoso Moreira – 1
Comendador Levy Gasparian – 1
Cordeiro – 1
Duas Barras – 1
Quatis – 1
São Sebastião do Alto – 1

Leia Também:  Boletim Coronavírus (14/07): 11.624 óbitos e 132.822 casos confirmados 

Para mais informações, acesse o painel de monitoramento de casos no estado do Rio de Janeiro em painel.saude.rj.gov.br.

 

Fonte: Governo RJ

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

RIO DE JANEIRO

Governador visita obras de unidades habitacionais em Laje do Muriaé

Publicados

em


.

Governador visita obras de unidades habitacionais em Laje do Muriaé

5 de agosto de 2020

 

O governador Wilson Witzel visitou, nesta quarta-feira (5/8), as obras do Conjunto Boa Vista, em Laje do Muriaé, no Noroeste Fluminense. Após as fortes chuvas na região em 2011, as obras do conjunto habitacional foram iniciadas em 2012 e depois abandonadas pelas administrações seguintes. Em julho de 2019, na gestão Witzel, o trabalho foi retomado, sob a responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura e Obras, por meio da Companhia Estadual de Habitação do Estado do Rio de Janeiro (Cehab). A previsão é de que o empreendimento seja inaugurado até o fim do ano.

  

– Nossa gestão retomou essas obras que serão destinadas a famílias que vivem em áreas de risco. Elas são nossa prioridade e nosso objetivo é garantir qualidade de vida para essas pessoas. Além disso, estamos gerando empregos na região  – disse o governador, que esteve no local acompanhado pelo prefeito do município, José Eliezer, e pelo secretário de Estado de Infraestrutura e Obras, Bruno Kazuhiro.

Leia Também:  Cinco localidade do Rio recebem serviço de sanitização na Cedae nesta terça-feira

 

No Conjunto Boa Vista, 188 famílias de Laje do Muriaé devem ser beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais.  Destas, 182 são de dois pavimentos, com sala, dois quartos, cozinha e banheiro. Outras seis são moradias com um quarto, adaptadas a pessoas com deficiência.

 

Além de obras de infraestrutura, o projeto inclui a implantação de redes de águas potável e pluvial, sistema de esgotamento sanitário, calçamento, paisagismo e construção de área de lazer. O valor do investimento é de cerca de R$ 10 milhões, oriundos do Fundo Estadual de Habitação de Interesse Social.

 

– É uma satisfação poder retomar, na gestão Witzel, essas obras, que estavam paralisadas desde 2013. E poder atender a dois públicos prioritários: a população de baixa renda e aquela com necessidades especiais, que precisam de moradia com acessibilidade – disse Kazuhiro.

 

Valdemir Carneiro Ramos, 38 anos, foi um dos operários que conseguiu trabalho no Conjunto Boa Vista, após meses desempregado.

 

– Poder voltar a contar com trabalho fixo foi muito bom. Consegui colocar as contas em dia – disse ele, que mora com a mãe.

Leia Também:  #AulaEmCasa: espetáculos e compositores que fizeram história no Municipal
Fonte: Governo RJ

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA