POLÍTICA SP

Aprovados projetos sobre empreendedorismo, segurança pública e cuidados paliativos

Publicados

em


.
Na sessão extraordinária desta terça-feira (15/9), deputadas e deputados foram favoráveis a três projetos de autoria parlamentar. As matérias tratam de negócios, saúde e segurança.

Empreendedorismo

Aprovado na forma de substitutivo, o Projeto de Lei 755/2019, dos deputados Sergio Victor (Novo), Ricardo Mellão (Novo) e Itamar Borges (MDB), pretende criar o Código de Defesa do Empreendedor. A propositura prevê, dentre outras medidas, que a Administração Pública Estadual facilite a abertura e extinção de empresas.

“A nossa ideia é criar regras e leis que protejam o empreendedor de atitudes arbitrárias do Poder Público em geral”, assegurou Mellão. Sobre o substitutivo, Sergio Victor explicou se tratar de “pequenos ajustes de termos, porém o mais importante do projeto, que são os pontos de análise e de impacto regulatório, continua igual”.

Bloqueio de sinal em penitenciárias

O Projeto de Lei 317/2019, do deputado Castello Branco (PSL), trata da permissão para que recursos do Fundo Penitenciário do Estado de São Paulo (Funpesp) sejam destinados à implementação e manutenção de sistemas para o bloqueio de sinais de celulares e outros meios de comunicação em penitenciárias.

Leia Também:  Editais garantem recursos para pesquisas sobre o ecossistema brasileiro

“Sabemos que facções criminosas são comandadas de dentro dos presídios, os líderes estão lá e transmitem suas ordens via celular e temos que interromper esse ciclo”, afirmou Castello Branco. O deputado Ed Thomas (PSB) concorda: “Vejo que com o projeto podemos ter, acima de tudo, a efetivação do mapeamento e do diagnóstico para desvincular essas facções”.

De acordo com o deputado Tenente Nascimento (PSL), “o governo investiu R$ 31 milhões em uma ação como essa na penitenciária de Presidente Venceslau e houve um importante ato onde presos perigosos foram transferidos para penitenciárias federais”.

Cuidados paliativos

Para ofertar qualidade de vida aos cidadãos com doenças sem possibilidade de cura, o Projeto de Lei 454/2019, do deputado Daniel Soares (DEM), cria a Política Estadual de Cuidados Paliativos.

“Cuidados paliativos não devem ser confundidos com práticas alternativas de tratamento, trata-se de medicina tradicional aplicada sob o ponto de vista holístico, isto é, em uma visão voltada não apenas para a doença, mas para o conjunto”, explicou o autor.

Leia Também:  Escola de Dança Teatro Guaíra lança novos projetos

Para a deputada Dra. Damaris Moura (PSDB), o respeito ao paciente deve ser mantido independentemente da circunstância. “O indivíduo com uma doença incurável também precisa viver com dignidade, ainda que lhe reste pouco ou maior tempo de vida, é necessário que todos os equipamentos, empreendimentos ou cuidados paliativos sejam destinados a ele”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA SP

PL 529/2020 será tema de reunião entre secretário e deputados

Publicados

em


A Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento irá se reunir, em um encontro marcado para às 14h desta terça-feira (29/9), com o secretário de Projetos, Orçamento e Gestão, Mauro Ricardo Machado Costa. Em pauta, esclarecimentos sobre o Projeto de Lei 529/2020, apresentado pelo governador, que estabelece medidas voltadas ao ajuste fiscal e ao equilíbrio das contas públicas do Estado.

A reunião será transmitida ao vivo pela Rede Alesp na TV aberta e também no YouTube.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Comissões aprovam projeto que permite alteração nos prazos de recolhimento do IPVA
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA