POLÍCIA MILITAR DF

Tenente Cleiton Batista: PMDF relembra trajetória de um grande herói

Publicados

em


Hoje a Polícia Militar do Distrito Federal relembra de forma saudosa um grande herói que integrava as fileiras da corporação. Estamos falando do Tenente Cleiton Batista Neiva que foi uma das vítimas do terremoto que atingiu a capital do Haiti no dia 12 de janeiro de 2010.O tenente Cleiton ingressou na PMDF em 03 de abril de 1997 na Academia de Polícia Militar de Brasília (APMB) no Curso de Formação de Oficiais. Após três anos de curso, serviu em diversas unidades da corporação, dentre elas, o 1º Batalhão, Batalhão Turístico e o Centro de Formação de Praças. O Tenente sempre foi reconhecido por seu profissionalismo e dedicação. Possuía cursos de Polícia Judiciária Militar, Mergulhador Autônomo, dentre outros

Em 2004, o Brasil passou a participar da Missão da Nações Unidas para Estabilização do Haiti (Minustah) com policiais militares e militares das Forças Armadas. O país estava em guerra civil passando por graves problemas políticos, econômicos, sociais e por uma grande onda de violência. O Tenente foi um dos aprovados no processo seletivo para servir na missão de paz.

Leia Também:  Feira de Ceilândia será um grande mercado central

Durante a missão humanitária, Cleiton conheceu e se casou com uma jornalista austríaca com quem teve um filho.

No dia 12 de janeiro de 2010 um terremoto de 7 graus na escala Richter atingiu o país causando grandes danos e matando ao menos 230 mil pessoas. Dentre elas estava o Tenente Cleiton Batista que cumpriu seu juramento de servir e proteger, mesmo com o sacrifício da própria vida. Ele permaneceu no edifício sede da Missão da ONU, mesmo colapsado em consequência do terremoto, trabalhando no resgate de pessoas presas e feridas, até que o prédio desabou atingindo Cleiton e vários outros funcionários da ONU que estavam no local.

O corpo do oficial foi localizado e enviado para o Brasil onde ocorreu o velório e enterro com todas as honras militares. Cerimônias em homenagem ao policial ocorreram na sede da ONU em Nova York e também no Haiti. A ONU também outorgou uma Medalha post mortem à família de Cleiton em cerimônia no Comando-Geral da PMDF.

Fonte:
Leia Também:  PMDF prende casal foragido da justiça acusado de participar de organização criminosa que aplicava golpes pelas redes sociais

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA MILITAR DF

Foragido é preso após roubar residência no Riacho Fundo

Publicados

em


Um homem foi preso pelos policiais militares do 27º Batalhão após roubar uma residência no Riacho Fundo II, às 1h30h deste sábado (23). A vítima abordou a viatura que patrulhava a área e informou que dois homens armados o manteram refém, com esposa e filhos, e roubaram a casa.

O rastreador do celular de uma das vítimas indicou que o suspeito estava na QN 30. O homem foi encontrado no conjunto 06. Ele foi abordado, em sua cintura estava um revólver calibre 38 com cinco munições intactas.

Uma sacola com uma TV e um videogame, de propriedade das vítimas, também foi localizado após uma busca nas redondezas. O suspeito foi encaminhado para a 27ª DP, onde foi constatado que ele tinha um mandado de prisão em aberto. O detido foi autuado em flagrante por roubo e porte ilegal de arma de fogo. O segundo suspeito segue foragido.

Fonte: PM DF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PMDF prende novamente homens furtando cabos de transmissão de energia na Asa Norte
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA