POLÍCIA CIVIL RJ

Polícia Civil prende incendiário que perseguia mulheres de uma mesma família na Região Oceânica de Niterói

Publicados

em


Policiais civis da 81ª DP (Itaipu) prenderam, na noite desta quarta-feira (30/12), no bairro Engenho do Mato, Região Oceânica de Niterói, um homem acusado de perseguir três mulheres de uma mesma família e incendiar, na véspera de Natal deste ano, carros das vítimas. Segundo os agentes, ele já era suspeito de ter cometido o mesmo crime na virada do ano de 2018 para 2019 e pretendia fazer mais um ato em 2020.

De acordo com a titular da 81ª DP, delegada Raissa Celles, o autor se tornou muito próximo das vítimas, que moram no bairro Itaipu. No decorrer dos anos, ele acabou desenvolvendo uma verdadeira obsessão pelas mulheres da família (a mãe e suas duas filhas). Após o término da amizade, que começou há cerca de 20 anos, o suspeito se sentiu desprezado e iniciou uma série de perseguições, em que enviava mensagens depressivas e intimidatórias, que se desdobraram em ações incendiárias contra as vítimas.

Durante as investigações, os agentes encontraram imagens dos atos em que mostravam que o autor usava uma balaclava (espécie de máscara), o que dificultava a identificação. Os policiais levantaram outros indícios e descobriram a identidade do suspeito. A equipe da 81ª DP realizou diligências e localizou o acusado. No momento da prisão, o detido negou a autoria dos fatos. No entanto, os investigadores viram queimaduras no corpo dele e, após o interrogatório, confessou e confirmou que pensava em praticar outros atos de vingança. Com a prisão, os policiais conseguiram evitar mais um crime.

Leia Também:  Polícia Civil de Carapicuíba intensifica o combate ao tráfico de drogas na região

O homem foi autuado por incêndio, violência contra a mulher e ameaça. Contra ele foi cumprido um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA CIVIL RJ

Polícia Civil apreende adolescente acusada de roubar e matar idosa paraplégica

Publicados

em


Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) apreenderam uma adolescente acusada de latrocínio contra uma idosa paraplégica, identificada como Maria Madalena de França. Ela foi localizada no bairro Marapicu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, nesta segunda-feira (04/01).

A jovem foi apreendida em cumprimento de um mandado de busca e apreensão expedido pela Vara de Execuções de Medidas Socioeducativas da Capital. Ela ainda tentou fugir, mas foi capturada pelos agentes.

O crime aconteceu em 2016. Segundo as investigações, a vítima era dona de um imóvel alugado pela acusada. De acordo com os agentes, o companheiro da adolescente também é investigado por envolvimento no latrocínio.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PMGO Prende Traficantes em Aparecida de Goiânia-GO
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA