Pernambuco

Gestores Governamentais da Seplag dão aulas nos cursos de capacitação de Oficiais da PM

Publicados

em


ggovs

Aulas trataram sobre a metodologia de gestão por resultados

Pelo segundo ano consecutivo, a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) foi convidada pela Academia Integrada de Defesa Social (Acides) para ministrar a disciplina de Gestão Organizacional com foco nos Resultados, oferecida no Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) voltado para os capitães da Polícia Militar, e no Curso Superior de Polícia (CSP), para os tenentes-coronéis. Gestores Governamentais do Núcleo de Gestão por resultados na Defesa Social (NGR-SDS) foram os responsáveis por dar as aulas.   

A disciplina aborda pontos atrelados à Gestão por Resultados, trazendo o histórico, as características da metodologia e a aplicação no governo de Pernambuco através das ações desenvolvidas pela Secretaria executiva de Gestão por Resultados (Segpr) da Seplag. Por se tratar de cursos na área de segurança, o foco principal da disciplina é correlacionar a aplicação da metodologia com a Política Estadual de Segurança Pública – o Pacto pela Vida. Nesse sentido são abordados o acompanhamento dos indicadores, as metas, a gestão das informações e os sistemas de bonificação. 

Leia Também:  Aulas presenciais para alunos do Ensino Fundamental II retornaram nesta segunda-feira (26)

Em 2020, em virtude da pandemia, a Acides utilizou a plataforma de ensino à distância (EAD) Moodle, (moodle.org), para gestão de aprendizagem dos alunos, disponibilização do material didático, fóruns de discussão e realização das avaliações. O curso foi divido em momentos assíncronos quando a interação era realizada através da plataforma Moodle bem como de momentos síncronos, realizadas através de videoconferência com a utilização do Google Meet.

Os cursos começaram em setembro e vão até dezembro deste ano. A disciplina ministrada pela Seplag foi dada em setembro, no caso do CSP, e entre outubro e novembro, para o CAO. No total, participaram da instrução 52 capitães e 36 tenentes-coronéis, resultando um total de 50 horas aula de aprendizagem.

O tenente-coronel Geovani Augusto, comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar, com sede em Palmares, foi um dos alunos do CSP e fez uma avaliação do curso. “Ter gestores governamentais da Seplag ministrando aulas nos principais cursos de formação e especialização da Polícia Militar de Pernambuco possibilita troca de experiências e contraponto nas visões militar e civil entre tutor e aluno. Este formato contribui para a busca de soluções das dificuldades encontradas no cotidiano profissional, bem como nas elucidações de cunho técnico desse formato de gestão voltado resultados” afirmou o comandante. 

Leia Também:  Governo de Pernambuco projeta aumento de 33% no número de pousos e decolagens diários no Aeroporto do Recife
Fonte: Governo PE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Pernambuco

Dia Nacional do Extensionista Rural é comemorado neste domingo (06)

Publicados

em


agricultura

O Dia Nacional do Extensionista Rural é comemorado em todo o país neste domingo, dia 06 de dezembro. No Brasil, os primeiros registros da extensão rural são do ano de 1948. Atualmente, o serviço é oferecido a cerca de 5.359 municípios, e conta com a atuação diária de quase 20 mil extensionistas.

Para a prestação deste serviço, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) conta com uma Diretoria de Extensão Rural e um corpo técnico altamente qualificado, formado por 265 profissionais, atuando nos 185 municípios de Pernambuco, incluindo Fernando de Noronha, e mais 48 profissionais na área de gestão e planejamento. O objetivo é proporcionar uma assistência técnica continuada e o acesso às políticas públicas.

O extensionista está sempre próximo ao agricultor e a agricultora familiar, apoiando, socializando saberes, inovações tecnológicas e políticas públicas, melhorando a qualidade da produção e, simultaneamente, abrindo novas oportunidades de mercados para a comercialização dos produtos. Esse profissional cumpre um importante papel na execução das políticas públicas voltadas ao meio rural e na disseminação de alternativas para convivência com o Semiárido.  

Os técnicos estão à frente das ações do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Campo Novo (Distribuição de Sementes), Projeto Dom Helder – este uma referência para outros estados da federação; Projeto Mãe Coruja, cursos do Programa Horta em Todo Canto, projeto de sementes crioulas, entre outros. Além disso desenvolve ações a fim de beneficiar diretamente agricultores/as como dias de campo, capacitações, intercâmbio entre instituições, sempre voltado para o crescimento da agricultura familiar do Estado.

Leia Também:  Sesa realiza capacitação sobre AVC

“O trabalho do/a extensionista tem sido fundamental para promover mudanças de vida para às famílias agricultoras, seja na melhoria dos processos de produção a partir da introdução de novas tecnologias, capacitação e troca de conhecimento, promovendo incremento de renda, mas também estabelecendo parcerias locais e participando dos diversos espaços de discussão de políticas públicas”, destaca o presidente do IPA, Reginaldo Alves. 

Mesmo na pandemia, provocada pelo Novo Coronavírus, o trabalho desenvolvido pelos extensionistas do Instituto continuou em todo o interior pernambucano. Além do atendimento remoto e via WhatsApp, os técnicos e as técnicas orientaram e acompanharam a distribuição de sementes e executaram o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com 3,2 toneladas de alimentos, garantindo a Segurança Alimentar e Nutricional de 251 mil pessoas e beneficiando 4.184 agricultores/as assistidos pelo IPA.

“Nossos técnicos e técnicas estão presentes nos locais mais distantes, de difícil acesso, contribuindo para as transformações culturais, sociais e econômicas, atuando como efetivo agente de desenvolvimento rural sustentável, valorizando as diversas categorias da agricultura familiar, a exemplo dos povos indígenas, comunidades quilombolas e pescadores”, enfatiza o diretor de Extensão Rural do IPA, Flávio Duarte.

Leia Também:  Paraná autoriza aulas presenciais dos últimos anos de cursos da Saúde

Em comemoração ao Dia do Extensionista, o IPA realiza, de  01 a 06 de dezembro, o VIII Seminário de Extensão Rural em Pernambuco, com o tema “Ater Pública – novos tempos, novos desafios”.

HISTÓRIA – O Dia Nacional do Extensionista Rural foi instituída pelo governo federal, há 70 anos, como forma de homenagear e reconhecer esse importante agente de desenvolvimento rural sustentável. Pernambuco conta, há 66 anos, com o serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) pública e estatal como instrumento de apoio ao desenvolvimento rural.

 

Iniciou com a criação da Associação Nordestina de Crédito e Assistência Rural (ANCAR), depois com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Pernambuco (EMATER-PE), posteriormente com a Empresa de Abastecimento do Estado de Pernambuco (EBAPE). Atualmente, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) é a entidade responsável pelas ações de ATER oficial, conforme decreto do Governo do Estado, publicado no Diário Oficial em2003.

Fonte: Governo PE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA