PARANÁ

Sanepar apresenta protocolo de segurança de barragens na RMC

Publicados

em


A Sanepar apresentou o protocolo de segurança das suas quatro barragens de abastecimento na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) a representantes da Coordenação Estadual da Defesa Civil, da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), do Instituto Água e Terra (IAT) e das Defesas Civis de municípios da região. A apresentação aconteceu quarta-feira (18).

O documento destaca uma série de medidas adotadas pela Companhia nos projetos, construção e monitoramento das barragens, e na elaboração do Plano de Segurança das Barragens e do Plano de Ação Emergencial.

Os elementos do protocolo de segurança da Companhia vão servir de base para que a Defesa Civil de cada município da RMC elabore um Plano de Contingenciamento com as ações de proteção, prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação em caso de desastre.

O diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Julio Cesar Gonchorosky, explicou que as barragens da Sanepar são seguras por terem sido projetadas e construídas com boas práticas de engenharia e seguirem todas as exigências legais de segurança.

Leia Também:  Secretário Artur Lemos Júnior apresenta em Caxias do Sul expectativas de investimentos para o RS

“Os trabalhos de prevenção e capacitação são constantes e o nosso compromisso é dar continuidade a essa prática. E estamos aprimorando nosso sistema de monitoramento, por meio de um convênio com o Parque Tecnológico Itaipu, que estabelece o compartilhamento de dados e tecnologia para segurança desses empreendimentos”, informou.

As quatro barragens da Sanepar na RMC – Iraí, Piraquara I, Piraquara II e Passaúna – são instrumentalizadas com equipamentos de medição de recalque, de nível, controle de percolação e de todos os indicadores necessários para monitoramento de segurança. O projeto da Miringuava, que está em construção, também segue todas as exigências de segurança e monitoramento.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PARANÁ

Portos do Paraná ganha projeção em abertura de evento nacional

Publicados

em


A empresa pública Portos do Paraná foi um dos destaques na abertura do VII Congresso Internacional de Desempenho Portuário (Cidesport), que começou nesta quarta-feira (25) e vai até sexta-feira (27). Um dia após a empresa ser premiada nacionalmente, o presidente Luiz Fernando Garcia apresentou os portos paranaenses e os desafios para uma gestão profissional e eficiente. 

Este ano, em função da pandemia de Covid-19, o evento está sendo totalmente online e envolve a comunidade portuária, estudantes e pesquisadores de gestão e desempenho da área.

 “É uma oportunidade estarmos nesse evento tão importante para a comunidade onde podemos falar um pouco mais sobre os portos”, disse ele. Garcia lembrou que no dia anterior a Portos do Paraná foi premiada

e dos quatro prêmios entregues pelo Ministério da Infraestrutura e pela Secretaria Nacional de Portos ((prêmio “Portos + Brasil”), dois vieram para o Paraná.

“Isso demonstra que o trabalho é permanente, tem que ser em conjunto e não se faz nada hoje numa gestão pública sem o comprometimento de todo o time. E aqui eu aproveito o espaço para agradecer ao time”, destacou o dirigente da empresa pública.

Leia Também:  Cursos online esclarecem dúvidas sobre licenças ambientais

Para ele, eventos como o Cidesport ajudam a mostrar o trabalho realizado no Paraná para todo o Brasil. “Somos os portos mais eficientes do País porque com 4,5 quilômetros de cais fizemos ano passado a a marca história de pouco mais de 53 milhões de toneladas. E para este ano, com safra espetacular, preço internacional muito bom, chegaremos a 53 milhões de toneladas na próxima semana”, afirmou.

PAINEL – O painel com o presidente da Portos do Paraná foi dividido com Jailson Luz, diretor de Operações e Planejamento do Porto de Itaqui, de São Luiz do Maranhão. A mediação foi do professor Sérgio Cutrim, da Universidade Federal do Maranhão. O presidente do Conselho de Administração (Consad) do Porto de Paranaguá e Secretário Nacional de Portos, Diogo Piloni, também marcou presença falando sobre os avanços no setor portuário.

Para o coordenador do evento, Ademar Dutra, professor da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), a presença de Garcia e Luz foi importante para o VII Cidesport. “Eu tenho dito em vários fóruns que os dois melhores portos públicos são o Porto de Paranaguá e o Porto de Itaqui e isso as certificações e as premiações evidenciam isso”, disse ele.

Leia Também:  Recursos para as áreas da Saúde, Infraestrutura e Segurança de Santa Bárbara

A programação completa e outras informações podem ser obtidas no site do evento: cidesport.com.br. O encontro tem caráter técnico-científico e entre os objetivos estão fomentar e estimular a discussão sobre o desempenho do setor portuário, disseminar boas práticas na área e promover maior integração da comunidade portuária. A realização do VII Cidesport é da Unisul em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidade de Valência (Espanha).

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA