MUNDO

Reino Unido e Canadá assinam acordo comercial transitório pós-Brexit

Publicados

em


Reino Unido e Canadá fecharam neste sábado (21) em Londres, um acordo comercial transitório para proteger o fluxo de 27 bilhões de dólares em bens e serviços entre eles após o Brexit (saída da Grã-Bretanha da União Europeia), e prometeram iniciar negociações sobre um acordo específico no próximo ano. 

Como se prepara para encerrar a transição de saída da União Europeia em 31 de dezembro, o Reino Unido tem negociado vários acordos bilaterais para manter o comércio, com muitos simplesmente substituindo os termos que o bloco já havia acordado. 

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson participou de uma conversa online com o premiê do Canadá, Justin Trudeau, e seus respectivos ministros de comércio para destacar o acerto, que abre caminho para um acordo específico abrangendo mais áreas como comércio digital, pequenas empresas, meio ambiente e empoderamento econômico das mulheres. 

“O acordo de hoje fundamenta 20 bilhões de libras em comércio e garante milhares de empregos”, disse Liz Truss, secretária de Comércio Internacional do Reino Unido, em um comunicado. 

Leia Também:  Mulher de topless ajuda a salvar família de afogamento no Reino Unido

O governo canadense afirmou que o acordo transitório “reproduz em grande parte” o acordo da União Europeia (UE) sobre reduções tarifárias e disposições para trabalho e meio ambiente. “Queremos um acordo comercial ambicioso e abrangente de alto nível com o Reino Unido”, disse, sinalizando que o Canadá deseja termos semelhantes ao acordo da UE. 

Parceiros internacionais

O Reino Unido é o quinto maior parceiro comercial do Canadá, depois de Estados Unidos, China, México e Japão. 

Premiê britânico, Boris Johnson, deixa residência oficial em LondresPremiê britânico, Boris Johnson, deixa residência oficial em Londres

Boris Johnson: em busca de melhores acordos comerciais    (Arquivo/Reuters/Direitos Reservados)

Boris Johnson está tentando moldar um novo “Reino Unido global”, que possa agir sozinho e negociar acordos comerciais melhores do que a UE como parte do que ele diz serem os benefícios da decisão histórica de deixar o maior bloco comercial do mundo. 

Em menos de dois anos, o país fez acordos comerciais com 53 países, respondendo por 164 bilhões de libras (217,82 bilhões de dólares) do comércio bilateral britânico. Críticos de Johnson apontam que muitos são basicamente os mesmos que os acordos da UE. 

O Acordo de Continuidade Comercial Reino Unido-Canadá estará sujeito às verificações jurídicas finais antes de ser formalmente assinado. “Este é um bom momento”, disse o premiê do Canadá, Justin Trudeau.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Ladrão rouba celular e liga pedindo socorro após ser atropelado pela vítima

Publicados

em


source
sombra de pessoa sendo assaltada
Maxim Hopman/Unsplash

O caso aconteceu na cidade de Almada, em Portugal

Na cidade de Almada, em Portugal , um homem de 56 anos teve o celular roubado por um assaltante. Porém, a vítima perseguiu o criminoso, de 31 anos, com o carro e o atropelou . As informações são do Correio da Manhã .

O caso aconteceu na última terça-feira (24) à noite, mas foi noticiado hoje pelo jornal português. De acordo com a publicação, o assaltante ligou para um serviço de socorro ao ser encurralado pela própria vítima do roubo.

Assim que chegaram no local, os agentes da Polícia de Segurança Pública confirmaram que o homem que teve o aparelho roubado jogou o carro três vezes sobre o assaltante. Ambos foram detidos — o assaltante, por roubo; a vítima, por tentativa de homicídio — e levados a um hospital.

Leia Também:  Covid-19: Justiça propõe acordo para retorno às aulas no DF

Segundo o portal, o assaltante foi diagnosticado com ferimentos nas pernas sem gravidade. Já o homem que teve o celular roubado apresentou ferimentos leves em uma das mãos.

Ainda conforme as informações do jornal, o assaltante se apresentou à polícia como jardineiro. Entretanto, os agentes atestaram que ele havia saído da cadeia, por cumprir pena por roubos semelhantes, no começo da semana.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA