MUNDO

Homem fazia sexo com galinhas enquanto esposa filmava

Publicados

em


source
,
Yorkshire Live WS

Rehan Baig foi proibido de manter animais e colocado no registro de criminosos sexuais para sempre


Um homem, que fez sexo com suas galinhas de estimação enquanto sua esposa o filmava, foi condenado a três anos de prisão pelo tribunal de Bradford Crown, no Reino Unido. Rehan Baig, 37, também teria imagens de abuso sexual infantil em seu computador.


Baig recebeu a pena após se confessar culpado por crimes como manter relações sexuais com galinhas, com um cachorro e guardar imagens de abuso sexual infantil. Sua esposa , Haleema Baig, 38, foi condenada a seis meses depois de admitir que filmou seu marido .

O juiz descreveu Baig como “depravado, pervertido e desprezível”. Ele está proibido de criar animais e foi colocado na lista de criminosos sexuais pelo resto da vida.

Leia Também:  Homem é preso pela Deam de Valparaíso por pornografia infantil

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Manifestantes tomam as ruas da França em protesto contra lei de segurança

Publicados

em


source
frança
Reprodução/TV5 Monde

Manifestantes se reuniram na Praça da República


Na manhã deste sábado (28), milhares de franceses foram às ruas para protestar contra um projeto de lei de segurança, logo após câmeras de segurança registrarem o espancamento de um músico negro por três policiais. O governo vive instabilidade por causa destes casos e de outros envolvendo violência policial e política .


Os protestos vão contra três artigos da lei de Segurança Global aprovada pela Assembleia Nacional na semana passada, que enolvem o uso de drones, o compartilhamento de imagens da polícia e a realização de filmagens de agentes de segurança com o uso de celulares .

Os manifestantes se reuniram nas cidades de Lille (norte), Montpellier (sudeste) e Paris. Na capital, centenas de manifestantes marcharam da Praça da República até a Praça da Bastilha. 

Leia Também:  China isola meio milhão de pessoas por causa de nova onda de coronavírus

O artigo 24 do projeto está entre os mais criticados por punir com um ano de prisão e multa de até 45 mil euros (US$ 54 mil) a veiculação “mal-intencionada” de imagens de agentes de segurança pública . Recentemente dois casos de violência policial chocaram a França.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FAMOSOS

DISTRITO FEDERAL

SEGURANÇA

MAIS LIDAS DA SEMANA