MULHER

“Defendeu mulheres pouco antes de morrer”, diz irmão de PM assassinada  por ex

Publicados

em


source

A soldado da Polícia Militar da Bahia Sylvia Rafaella Gonçalves Pereira, de 38 anos, virou vítima de algo contra o qual sempre lutou: o machismo. Assassinada a tiros pelo ex-marido, o crime, ocorrido em 6 de outubro, teria sido motivado porque o ex, Edson Ferreira de Carvalho, 33, não aceitava o fim o relacionamento, que durou sete anos e terminou em julho.

A soldado da Polícia Militar da Bahia Sylvia Rafaella Gonçalves Pereira, de 38
O Dia

PM ‘influenciadora digital’ é morta pelo marido


O suspeito também era policial militar da corporação baiana e se matou logo após tirar a vida de Rafaella, como era conhecida entre os fãs nas redes sociais, a família e os amigos de Ibotirama, onde vivia com as duas filhas, a 664 quilômetros de Salvador.

A policial militar era também influencer digital, com mais de 80 mil seguidores, e comentava em suas redes sociais sobre a equidade entre homens e mulheres. A última publicação sobre o tema foi em 3 de agosto. Nela, Rafaella escreve que os “homens também precisam colaborar para construir a igualdade de participação de ambos os gêneros”.

De acordo com o Universa, Rafaella era vítima de agressão física no casamento recém-acabado. “Ela tinha essa bandeira, mas era uma vítima, não conseguia sair dessa situação”, disse o irmão de Rafaella, Antônio Neto da Lapa, de 35 anos, ao site.

Leia Também:  Milhares de mulheres fazem marcha em Belarus contra presidente; veja

Ele afirmou que a família dela ficou surpresa com a dimensão do carinho dos seguidores. “Não esperávamos essa repercussão, mesmo sabendo da carreira dela como influenciadora digital e da militância pelos direitos da mulher, levantando bandeira contra o machismo. Ela defendeu as mulheres nas redes sociais pouco antes de morrer.”

“Ela ficou afastada da filha, mas, pensando na estabilidade, fez a formação. Era, à época, a única mulher na academia de Salvador. A Rafaella começou a se destacar ainda no curso porque era muito aguerrida, como se espera de uma mulher. Cultivou até a morte vários amigos dessa época”, lembrou o irmão.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MULHER

Maria Eduarda ficou possessa ao ter vela apagada pela irmã mais velha

Publicados

em


source
Maria Eduarda
Reprodução/Twitter

Maria Eduarda


A pequena Maria Eduarda mal completou seus três aninhos e já é um dos assuntos mais comentados na internet desta segunda-feira (19). A garota ganhou uma linda festinha com o tema das Princesas da Disney e, quando tudo parecia ir muito bem, acabou se exaltando e perdendo a compostura — mas não foi por menos.

Acontece que outra garota, que estava ao seu lado de Maria Eduarda no parabéns, apagou a velinha no lugar da aniversariante. Mas a pequena mostrou que não tem sangue de barata, partindo pra cima da menina, que os internautas descobriram mais tarde se tratar da irmã mais velha de Duda.


Leia Também:  Alunos criticam curso de Luccas, maquiador que viralizou na web com challenge



Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA