MULHER

6 motivos para amar o signo de Sagitário

Publicados

em


source

João Bidu

undefined
Bruna Giorgi

6 motivos para amar o signo de Sagitário

Do dia 21 de novembro a 20 de dezembro, o Sol transita em Sagitário, um signo mutável do elemento Fogo. Ou seja, um período que reflete vigor e movimento. A energia será sentida por todos e podemos aproveitar a “good vibe” sagitariana em nossa vida.

As pessoas que nascem com o Sol nesse signo ou o apresentam forte no mapa astral são conhecidas por ser descomprometidas e até mesmo sinceronas demais. Mas o signo possui inúmeras características positivas que fazem qualquer um se apaixone.

  • Leves
  • Os sagitarianos têm grande espírito e coração aberto, nascem como líderes naturais que vão atrás do que querem, independentemente do que as outras pessoas pensam deles. Sagitário adora viagens e atividades de aventura. 

  • Positividade
  • Sagitário é regido pelo planeta Júpiter, aquele relacionado à expansão e sorte. Portanto, é um signo otimista por natureza e que ajuda a deixar o ambiente mais alegre e divertido. E no final do ano é fundamental essa energia, afinal estamos cansados de tudo o que já aconteceu.

    Leia Também:  "Monogamia, pra mim, não funciona", afirma Bianca Andrade
  • Visionário
  • Os sagitarianos são espertos e inteligentes. Eles são capazes de ver/entender as possibilidades e assumir o risco. Eles pensam dez passos à frente do que todo mundo e é por isso que são muito difíceis de enganar.

  • Profundos
  • Esse signo de fogo gosta de conhecer coisas novas, principalmente as questões relacionadas à espiritualidade, filosofia e estilo de vida. Pessoas com Sagitário forte no mapa são pensadores profundos, gostam de estudar e se interessam por vários temas.

  • Honestos
  • Sagitário é o mais brutalmente honesto do zodíaco. Na verdade, inclusive, eles são os que cometem os “sincericídios”, que viram meme na internet ou na roda de amigos. Eles não se importam com quem não gosta! Mas é melhor ter pessoas sinceras a falsas, não é?!

  • Engraçados
  • Sagitário é divertido, amigável e extrovertido. Adoram fazer piadas e levar as situações embaraçosas com humor e alegria. Nem sempre os comentários são elegantes, mas rendem boas risadas.

    TEXTO:   Bruna Giorgi | Astróloga

    INSTAGRAM:  @in.flua

    LEIA TAMBÉM: 

    Leia Também:  Saiba qual chá é o ideal para cada signo se sentir bem
    Fonte: IG Mulher

    COMENTE ABAIXO:
    Propaganda

    MULHER

    Você sabe qual seu tipo de pele facial? Especialista ensina como identificar

    Publicados

    em


    source
    mulher olha no espelho e toca sua pele facial
    Pexels/RF._.studio

    Descubra qual é o seu tipo de pele facial


    Os cuidados com a pele facial caíram no gosto das pessoas nos últimos tempos. Usar máscaras, fazer esfoliação e usar vários cremes no rosto está em alta e traz inúmeros benefícios. Mas é importante lembrar que os  cosméticos devem ser usados na medida certa e, antes de tudo, descobrir qual é o seu tipo de pele facial para usa-los corretamente.

    Cada pele facial precisa de cuidados específicos, porque têm características muito distintas umas das outras. Por isso pode ser que um produto que está super na moda não faça bem para sua pele . Para tirar dúvidas sobre esse assunto conversamos com Heloisa Olivan, cosmetóloga do Instituto Olivan, sobre cada tipo de pele e como identificar a sua.

    1- Pele facial normal

    A pele normal é aquele que possui o perfeito equilíbrio entre oleosidade e hidratação. Além disso, os poros não são visíveis e o diâmetro é homogêneo. Por esses motivos, a pele normal é o sonho de muitas pessoas, mas Heloisa garante que cuidar dela não é tarefa fácil.

    “O microbioma cutâneo [comunidade de microrganismos que garantem a saúde da pele] age de forma eficiente para garantir não somente a beleza, mas a saúde da pele. Devido a todos os fatores externos com os quais a nossa pele tem contato diariamente [chamado de expossoma], é muito raro encontrar pessoas com pele normal”, diz.


    2- Pele facial seca

    pele seca tem textura áspera, é pouco luminosa e apresenta falta de viço. Existem alguns hábitos que podem ocasionar nesse tipo de pele facial, como beber pouca água, perda de líquidos excessiva, hormônios e desequilíbrio do microbioma cutâneo.

    “Como a água tem papel fundamental na elasticidade cutânea, não é de se admirar que a pele seca seja mais propensa ao aparecimento de linhas de expressão, fissuras, descamação e vermelhidão”, alerta a cosmetóloga. Ambientes frios e secos, banhos em temperaturas muito elevadas e exposição longa ao ar condicionado ou radiação podem tornar a pele ainda mais seca.

    3- Pele facial oleosa

    Esse tipo de pele facial apresenta muita luminosidade, resultado da produção excessiva de secreções de seco que se acumulam ao longo do dia. É considerada o tipo de pele mais desconfortável, apresentando poros dilatados e textura pegajosa; além de ser mais propensa à acne e cravos .

    “Os principais fatores que fazem da pele um ambiente mais oleoso incluem hormônios, excesso de sol, dieta rica em alimentos gordurosos, cosméticos inadequados e higiene incorreta. A dica aqui é escolher muito bem os produtos que irá utilizar e manter a limpeza de pele em dia”, orienta Heloisa.

    Leia Também:  Risco de contágio e ocupação de leitos são os motivos para adiamento da retomada

    4- Pele facial mista

    Segundo a cosmetóloga, o tipo de pele facial mista é o mais encontrado no Brasil entre mulheres. “A pele mista apresenta testa, nariz e queixo mais oleosas e maçãs do rosto mais secas”, explica Heloisa. Esse tipo de pele também apresenta poros mais dilatados, o que pode ou não causar acne.

    Afinal, como descobrir qual é o meu tipo de pele facial?

    Heloisa explica que a melhor maneira de avaliar seu tipo de pele é observando como ela se comporta no cotidiano. É importante ficar atenta às alterações que a pele facial pode apresentar em dias quentes, frios, secos e úmidos, já que cada um impacta no comportamento da pele.

    Quer saber qual o seu tipo de pele facial? Confira as dicas da cosmetóloga.

    • Olhe-se no espelho e avalie atentamente se possui poros dilatados, áreas de ressecamento ou avermelhadas.
    • Analise a textura e a uniformidade da pele.
    • Faça uma análise tátil. Toque nas diferentes regiões do rosto para avaliar a elasticidade, firmeza e se a pele possui uma superfície mais lisinha.
    • Para analisar o nível de oleosidade, você pode passar um lenço de papel limpo no rosto e observá-lo num local com claridade. Geralmente o lenço não apresenta resquício de oleosidade quando a pele é normal ou seca. Já quando a pele facial é oleosa ou mista, o lenço fica com aparência molhada, o que revela o excesso de oleosidade na pele.
    Fonte: IG Mulher

    COMENTE ABAIXO:
    Continue lendo

    MAIS LIDAS DA SEMANA