MINAS GERAIS

Três novos radares são instalados em estradas mineiras

Publicados

em


.

Três novos radares instalados em rodovias estaduais operam em caráter educativo até a próxima segunda-feira (3/8). Quem passa pela MGC-491, km 247, em Varginha; MG-050, km 363,8, em Passos; e na MGC-135, km 148,5, próximo a Itacarambi, deve ficar atento à nova sinalização e ao limite de velocidade dos trechos.

Os veículos que excederem os limites estabelecidos serão autuados a partir de terça-feira (4/8), quando os equipamentos começam a operar em definitivo, gerando infração de trânsito. Todos os trechos foram sinalizados com placas de velocidade máxima permitida de 60 km/h.

O DER-MG alerta que, independentemente do funcionamento dos radares, o respeito aos limites de velocidade, à sinalização e às leis de trânsito é o que garante viagens mais seguras a todos.

O departamento disponibiliza a relação completa, incluindo localização e velocidade máxima permitida, dos mais de 400 radares fixos em operação no estado. A lista pode ser consultada no link http://www.deer.mg.gov.br/transportes/localizacao-de-radares.
 
Confira os locais onde foram instalados os novos radares e os limites de velocidades:

Rodovia   km   Município   Velocidade Regulamentada.  Data de Início de Operação
(Modo Educativo)  
Data de Início de Autuação  
MGC-491 247,0 Varginha 60 km/h 28/7/2020 4/8/2020
MG-050 363,8 Passos 60 km/h 28/7/2020 4/8/2020
MGC-135 148,5 Itacarambi 60 km/h 28/7/2020 4/8/2020
Leia Também:  Saúde aponta tendência de estabilização da covid-19 no estado

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MINAS GERAIS

Romeu Zema anuncia que mineiros não terão reajuste na conta de energia elétrica da Cemig em 2020

Publicados

em


.

O aumento de 4,27% aplicado nas contas de energia elétrica enviadas pela Cemig em maio não irá vigorar. O comunicado foi feito nesta quinta-feira (6/8) pelo governador Romeu Zema, em coletiva de imprensa virtual transmitida pelas redes sociais.

O cancelamento do aumento, referente ao reajuste anual feito pela companhia, aconteceu em negociação entre o Executivo mineiro e a presidência da empresa.

Zema ressaltou que a medida faz parte do esforço do Governo de Minas para amenizar os impactos da pandemia na vida dos mineiros.

“Sabemos que muitos perderam o emprego, perderam renda. E faremos tudo o que pudermos para ajudar as famílias. Conversei com o presidente da Cemig e, na última reunião do Conselho de administração da empresa, ficou decidido que o aumento de 4,27% aplicado nas contas de maio não irá vigorar. O mineiro não terá reajuste na conta de energia elétrica este ano, como aconteceu nos anos anteriores”, explicou.

Pequenas empresas

Ele também ressaltou que a medida deve beneficiar pequenos empresários. “Sabemos que os pequenos empreendedores também foram duramente atingidos pela pandemia e a manutenção dos valores das contas de luz vai ajudar a aliviar as despesas”, disse.

Leia Também:  Fiat confirma dois novos SUVs e câmbio automático CVT

O impacto da perda de arrecadação referente ao reajuste tarifário será amenizado pela entrada de R$ 714 milhões nos cofres da companhia, referentes à vitória da Cemig em disputa tributária judicial que questionou a inclusão do PIS-Pasep/Confins na base de cálculo do ICMS das faturas de energia.

A solicitação de cancelamento do reajuste já foi enviada à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para ser analisada e deliberada pela diretoria da agência.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA