MINAS GERAIS

Ouvidoria-Geral do Estado lança campanha contra assédio moral e sexual

Publicados

em


.

O Governo de Minas Gerais quer conscientizar e sensibilizar os órgãos públicos e os servidores do Estado sobre a importância da prevenção e do combate ao assédio moral e sexual no ambiente de trabalho. Para tanto lançou, por meio da Ouvidoria-Geral do Estado (OGE-MG), a campanha  “Respeito, Todos Merecem”.

OGE-MG / Divulgação

A ação vai divulgar a Ouvidoria de Assédio Moral e Sexual, que integra as nove Ouvidorias Temáticas da instituição, como canal oficial de recebimento de denúncias relacionadas à prática abusiva.

 Etapas

 A campanha, que conta com apoio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), será dividida em duas etapas. 

 A primeira tratará da divulgação da Ouvidoria Temática nas redes sociais da OGE-MG, canais oficiais do governo e na mídia em geral. 

 Na última etapa, o tema da campanha será abordado em eventos internos, organizados pela OGE-MG e Seplag como treinamentos e palestras que pretendem sensibilizar e preparar as instituições para o desenvolvimento de ações voltadas à prevenção da prática do assédio moral e sexual.

 Repercussão

 A ouvidora-geral do Estado de Minas Gerais, Simone Deoud, destaca que vários eixos serão trabalhados nas ações de divulgação da campanha, incluindo o diálogo e o respeito às diversidades como valores fundamentais. O propósito é que as relações de trabalho sejam saudáveis e gerem um ambiente produtivo para todos os servidores.

Leia Também:  Governo do Estado e secretário nacional de Proteção e Defesa Civil concedem entrevista coletiva sobre ações de reparação a danos do ciclone

“Desenvolver ações de prevenção e combate ao assédio moral e sexual praticado pelo agente público estadual é um dos propósitos da OGE-MG. O respeito é valor fundamental para que tenhamos um ambiente de trabalho saudável e produtivo. Na administração pública estadual, estamos trabalhando para que o servidor venha até nós e denuncie quaisquer práticas abusivas, a fim de proteger o servidor e o ambiente de trabalho de más condutas”, afirma Deoud.

 Acesse as redes sociais da OGE-MG (Instagram e Facebook) e compartilhe essa iniciativa.

 Ouvidoria de Assédio Moral e Sexual

 Criada em outubro de 2019 pelo decreto nº 47.740, a Ouvidoria temática é responsável pelo acolhimento de reclamações de assédio moral e sexual praticados por agentes públicos do Poder Executivo Estadual no exercício de suas funções, além de promover ações para o combate e a prevenção desse tipo de conduta.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MINAS GERAIS

Anunciada nova data de reabertura do Parque do Ibitipoca

Publicados

em


O Parque Estadual do Ibitipoca, em Lima Duarte, na Zona da Mata mineira, já tem nova data de reabertura. Funcionários do Instituto Estadual de Florestas (IEF), brigadistas voluntários e militares do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) conseguiram controlar o incêndio que atingia o parque desde o início da semana, razão pela qual a reabertura da unidade de conservação teve de ser adiada. Agora, o Ibitipoca poderá receber visitantes a partir da próxima quarta-feira (7/10).

O diretor-geral do IEF, Antônio Malard, que esteve no local para acompanhar os trabalhos de contenção do fogo, estima que 350 hectares de áreas de vegetação do parque tenham sido consumidas pelas chamas, conforme balanço prévio. Além disso, foram queimados 150 hectares de áreas do entorno da unidade, por onde o fogo começou na noite do último domingo (27/9). Uma avaliação completa ainda será feita após a finalização dos trabalhos de rescaldo. As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

A gerente do Parque Estadual do Ibitipoca, Clarice Silva, informa que a recuperação das áreas queimadas deve ocorrer, de maneira natural, a partir da ocorrência de chuva na região. “A maior parte da vegetação atingida é de campo de altitude e campos rupestres em que a regeneração costuma ser muito rápida. Logo após as primeiras chuvas, essas áreas retornarão floridas”, avalia.

Leia Também:  Programação especial marca os 25 anos da Semad

Operação conjunta

Durante três dias, foram cerca de 100 pessoas envolvidas no combate às chamas, com utilização de dez veículos, dois helicópteros, dois airtractors (aeronave capaz de despejar água em focos de incêndio), além de uma ambulância da Prefeitura de Lima Duarte que ficou disponível para auxílio às equipes de trabalho. Felizmente, nenhum bombeiro, brigadista, servidor ou funcionário do parque precisou de atendimento médico.

“É importante registrar o sucesso dessa operação, que é fruto da união de esforços”, observa Malard. “Infelizmente tivemos uma área importante do parque atingida, mas o resultado teria sido pior se não fosse essa união”, completa.

Reabertura 

O Ibitipoca receberá até 500 visitantes por dia e todos deverão fazer agendamento prévio. O cadastro será iniciado na próxima segunda-feira (5/10) e o IEF comunicará à população, em seu site, como as inscrições podem ser feitas.

Quem visitar o parque deverá fazer uso de máscara de proteção individual, dispor do seu próprio álcool em gel 70% para higienização das mãos, evitar locais com aglomerações, manter o distanciamento físico de no mínimo dois metros de pessoas que não integram o núcleo familiar e levar a própria garrafa de água.

Leia Também:  Agendamento de serviços do governo devem ser feitos em canais oficiais

A reabertura dos parques estaduais, autorizada pelo IEF, segue todos os protocolos definidos pelo Comitê Extraordinário Covid-19 e apresentados no plano Minas Consciente para retomada gradual das atividades econômicas, turísticas e sociais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA