Maranhão

Produtos com o Selo Quilombos do Maranhão serão vendidos para todo o país em fevereiro

Publicados

em


Produtos do Selo Quilombos do Maranhão (Fotos: Divulgação)

Uma parceria inédita vai garantir que produtos de comunidades quilombolas do Maranhão sejam comercializados para todo o país. A novidade é fruto do diálogo entre a Secretaria Extraordinária da Igualdade Racial (Seir) e o Brasil na Caixa, clube de assinatura e loja online de produtos brasileiros que apoia a agricultura familiar e promove a biodiversidade. Com a parceria, uma caixa temática composta por dez produtos não perecíveis e certificados com o Selo Quilombos do Maranhão poderá ser adquirida em fevereiro deste ano, via internet, em qualquer lugar do Brasil. 

Entre os produtos com o Selo Quilombos do Maranhão que serão disponibilizados no clube de assinaturas estão: biscoito de tapioca (crouton), mel de abelha sem ferrão, rapadura de buriti, melaço de jenipapo, geleia de abacaxi com pimenta, doce de caju em calda, farinha de mandioca, azeite e farinha de babaçu, além de uma peça artesanal confeccionada com fibra do buriti, que será o brinde da cesta. 

Produtos do Selo Quilombos do Maranhão (Fotos: Divulgação)

Os produtos são originários de comunidades tradicionais de várias regiões do Maranhão, como o quilombo Pedrinhas (Itapecuru-Mirim), quilombo Estiva dos Mafras (Mirinzal), quilombo Cantinho (Barreirinhas), quilombo Jiquiri (Santa Rita) e a comunidade quilombola Marcelino (Barreirinhas). 

Leia Também:  Procon-SP vai fiscalizar preços de produtos da cesta básica

De acordo com a Seir, o objetivo da parceria é promover os produtos da agricultura familiar quilombola do estado, demonstrando sua diversidade e qualidade. A iniciativa busca ainda a ampliação dos canais de comercialização desses produtos, fomentando a geração de renda nas comunidades quilombolas. 

A expectativa é que, com as vendas em fevereiro, os produtos certificados com o Selo Quilombos do Maranhão possam ser absorvidos pela loja online do Brasil na Caixa e ofertados em outras cestas no futuro. 

Produtos do Selo Quilombos do Maranhão (Fotos: Divulgação)

Sobre o Selo 

Instituído no âmbito do Programa Maranhão Quilombola (PMQ), o Selo Quilombos do Maranhão tem como finalidade a identificação social e territorial de produtos originários de comunidades tradicionais quilombolas produzidos por pessoa física ou jurídica. 

Além da certificação da origem, a marca atesta a qualidade dos produtos, fortalece a identidade social e territorial quilombola e funciona como mecanismo de geração de renda e melhoria da qualidade de vida dessas comunidades. 

O Selo Quilombos do Maranhão foi a estratégia encontrada pelo poder público para valorização dos saberes tradicionais sobre biodiversidade e sistemas produtivos locais, fortalecendo as comunidades por meio de um ciclo formativo divido em três etapas: produção, organização e comercialização. 

Leia Também:  Procon Goiás constata variação de até 398% nos produtos da ceia

Produtores interessados em obter a certificação devem acessar o site www.seloquilombos.ma.gov.br, para conferir os documentos e etapas necessários para solicitação de adesão e permissão do uso do selo. 

Produtos do Selo Quilombos do Maranhão (Fotos: Divulgação)

Brasil na Caixa

Idealizado pelo cozinheiro e pesquisador da biodiversidade alimentícia brasileira Luiz Camargo, o Brasil na Caixa é um clube de assinaturas que valoriza os variados biomas do país, fomentando a produção artesanal e o apoio ao pequeno produtor, com ênfase na comercialização de produtos limpos, in natura e minimamente processados.

Gabrielle Camargo, esposa do idealizador, é responsável pela gestão, aliada a um time de curadores e parceiros como o chef Guga Rocha.

Para adquirir as cestas os interessados devem acessar o site www.brasilnacaixa.com.br e escolher um plano de assinatura. As caixas são entregues no domicílio do comprador e a cada mês a cesta dá direito a um brinde especial.

Resolvi

Todos os produtos do Selo Quilombola também são vendidos na Rede Solidária de Comércio Virtual Resolvi. Clique aqui para acessar: https://resolvi.ma.gov.br/municipio

Fonte: Governo MA

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Maranhão

Governo vistoria obras de construção de cerca do aeroporto de Barreirinhas

Publicados

em


Aeroporto de Barreirinhas é estratégico para a cadeia do Turismo (Foto: Arthur Costa)

O secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, vistoriou, no sábado (23), as obras de conclusão do Terminal de Passageiros do aeroporto de Barreirinhas, onde estão sendo investidos mais de R$ 2 milhões na construção da cerca patrimonial/operacional e na guarita de segurança.

Na vistoria, realizada na presença do prefeito, Dr. Amílcar, e de técnicos da Geral Engenharia, foram alinhados os trabalhos de construção de toda a cerca patrimonial/operacional e guarita, além da compra de equipamentos de segurança, como raio-x.

Atualmente, o aeroporto de Barreirinhas atua com voos diurnos, conforme determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), e conta com caminhão de bombeiros doado pela Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC).

“O aeroporto [de Barreirinhas] é estratégico para a cadeia do turismo. Estamos em fase de conclusão das obras e atentos a todos os detalhes para entregar o local. Esse trabalho leva em consideração a importância desse instrumento para diversos setores, como saúde, segurança, logística”, pontuou o secretário da Seinc, Simplício Araújo.

Leia Também:  Governador Flávio Dino sanciona lei que cria Programa Trabalho Jovem. Ouça:

Por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) foram realizadas intervenções na via de acesso que interliga a cidade de Barreirinhas ao aeroporto, além da manutenção da cerca operacional e, com recursos do Ministério do Turismo com a Caixa, foi adquirida a Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA), que contempla uma Estação Meteorológica de Superfície, uma Estação de Comunicação VHF Aeronáutico e um Sistema de Gravação de Mensagens Aeronáuticas.

Secretário Simplício Araújo e comitiva vistoriaram obras do aeroporto (Foto: Arthur Costa)

Mais aeroportos

Além do aeroporto de Barreirinhas, a Seinc já realizou trabalhos de reforma e regularização dos aeroportos de Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Carolina e Santa Inês.

No fim de 2020, o Governo do Estado, via Seinc, firmou contrato com a Infraero para fazer a gestão de cobranças e repasse de taxas pelo Sistema Unificado de Arrecadação e Cobrança das Tarifas Aeroportuárias (SUCOTAP) em seis aeroportos maranhenses, localizados nos municípios de Balsas, Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Carolina e Santa Inês.

Os serviços de manutenção nos aeroportos do Estado, realizados pela Seinc, estão contribuindo para diversos eixos estratégicos. Na área da saúde, por exemplo, os espaços contribuíram para que as vacinas da Covid-19 chegassem com agilidade aos municípios.

Leia Também:  Chapadinha e região recebem vacinas contra o coronavírus

Fonte: Governo MA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA