GOIÁS

Ipasgo alerta que usuários não devem pagar taxas extra em consultas

Publicados

em


.

O presidente do Ipasgo, Hélio José Lopes, alertou nesta sexta-feira, dia 31, que os usuários do Instituto não devem pagar taxa de complementação extra para consultas médicas e odontológicas, com exceção da coparticipação feita para o próprio Instituto, nas consultas médicas e odontológicas.

O Ipasgo recebeu denúncia nesse sentido e abriu processo de sindicância para apurar o fato. Em entrevista ao programa O Mundo em sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC FM, Hélio afirmou que toda a rede credenciada, formada pelos prestadores de serviço pessoas físicas ou jurídicas, só existe a coparticipação daquilo que o usuário tem de pagar para o Instituto. “No local de atendimento não pode cobrar nenhum valor do usuário”, reafirmou.

Canais

Se isso realmente acontecer, informou, o usuário deve denunciar ao Ipasgo, o qual montará um processo interno para fazer a avaliação. E caso ficar constatado que esta prática é constante ou se repetir, poderá ocorrer o descredenciamento deste prestador de serviço. Os canais para fazer a denúncia são a Ouvidoria do Instituto, via e-mail (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.), ou pelo fone 0800 62 1919.

Leia Também:  Caiado assina novo decreto e anuncia testagem em massa em 78 municípios

Hélio José Lopes também conversou com os apresentadores Emmerson Kran e Lucas Nogueira sobre outra denúncia recebida, a de que os prestadores credenciados estariam se negando a fazer exames de urgência e emergência durante os finais de semana e período noturno. Ele disse que a alegação de alguns prestadores é de que o Ipasgo não tem, nos finais de semana e no período noturno, os auditores presenciais para fazer a avaliação da necessidade e autorizar esses exames.

“Só que esses prestadores sabem muito bem que podem realizar a tomografia nesses períodos, que receberão por ela, não tem o menor problema”, garantiu. Acrescentou que, independente de ter auditoria ou não, sendo questão de emergência ou urgência, o prestador receberá, desde que no dia útil seguinte passe pela auditoria, e for constatada a necessidade. O que o Ipasgo pretende evitar é que não se faça uma tomografia desnecessária. Se isso acontecer, o Instituto vai fazer a glosa hospitalar (recusa do pagamento).

Agendamento

Hélio José Lopes informou ainda que os atendimentos presenciais na sede do Ipasgo, em Goiânia, agora estão sendo realizados somente por agendamento. A medida foi tomada porque na sede do Instituto funciona também a Goiasprev, e estava havendo aglomeração de pessoas, fato que devem ser evitado devido à pandemia da Covid-19. “Nós preferimos que nossos usuários façam o agendamento para ter mais espaço, ficar mais distante um do outro, ele (o usuário) vem em horário marcado e estabiliza nosso atendimento”, explicou.

Leia Também:  Bravos guerreiros que lutaram até o último suspiro

O presidente do Ipasgo aproveitou a audiência das rádios Brasil Central AM e RBC FM para parabenizar sua cidade natal, e os anapolinos, pelos 113 anos de emancipação política do município comemorados nesta sexta-feira.

ABC Digital

 

Fonte: Governo GO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GOIÁS

Entorno do DF ganha reforço na segurança e reduz criminalidade

Publicados

em


.

Prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango reconheceu: “Sempre digo que governador, prefeito e presidente não podem visitar uma região de mãos abanando. O senhor fez essa expressão virar realidade na nossa cidade”, disse, direcionando-se a Caiado. “Todas as vezes que o senhor veio a Águas Lindas, trouxe algo para essa população. Quero lhe parabenizar pelas ações e agradecer pelo carinho que o senhor tem pela nossa cidade, pela nossa região”, completou.

Esse cronograma de obras no Entorno do DF faz parte de uma reestruturação do sistema prisional goiano que, segundo o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, só foi possível a partir da comunhão de forças entre as polícias Civil, Militar e Penal. O processo de organização, observou ele, contribui diretamente com a redução dos índices de criminalidade. “À medida que a gente avança no controle efetivo do sistema prisional, a gente vai continuar avançando também na redução dos índices de violência.”

Dados da SSP-GO comprovam na prática os resultados dos investimentos em segurança pública. No primeiro semestre deste ano, se comparado ao mesmo período de 2019, o Entorno do DF registrou queda em vários crimes, como roubo a instituição financeira (-100%), roubo de carga (-40,74%), roubo de veículo (-31,41%), latrocínio (-36,36%), roubo em residência (-28,94%) e homicídio (-21,92%). “Antes do governo Caiado, essa era uma região esquecida em todas as áreas. Hoje não é mais. Hoje ela faz parte do Estado de Goiás, tendo o mesmo tratamento que todas as 246 cidades”, frisou.

Leia Também:  Especialista alerta sobre os riscos da Covid-19 em pessoas com diabetes

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Fonte: Governo GO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA