GOIÁS

Depósito de bebidas é alvo da Operação Serpentina

Publicados

em


.

A Delegacia Regional de Fiscalização (DRF) de Goiânia, unidade da Secretaria da Economia de Goiás, deflagrou nesta quinta-feira, 17/9, em conjunto com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT), a Operação Serpentina. O alvo foi um grupo empresarial do segmento de distribuição de bebidas suspeito de sonegação de tributos estaduais.

O delegado de Fiscalização, Gerson Almeida, pontua que se trata de duas empresas, (matriz e filial) com faturamento superior a R$ 60 milhões, mas que nem 30%  desse montante foi constatado em documentação fiscal. Os auditores da Receita Estadual identificaram pouco mais de R$ 7 milhões em saídas de mercadorias registradas.

Durante a ação, constatou-se que grupo investigado vinha comercializando grande quantidade de bebidas sem emissão de notas fiscais e utilizando depósito clandestino, sem cadastro estadual causando prejuízos de valores elevados em ICMS.

A Polícia Civil cumpriu dois mandados de busca e apreensão e lavrou um Auto de Prisão em Flagrante (APF) por posse ilegal de arma de fogo.

Leia Também:  Trânsito seguro: batalhão de trânsito realiza operação de fiscalização em Ceilândia, Paranoá e Sudoeste

Auditoria

Auditores fiscais da Secretaria da Economia que participaram das diligências apreenderam dados dos sistemas de informática que propiciarão auditoria completa para chegar ao montante a título de tributos devidos. “Os valores sonegados entre ICMS e multa serão identificados após a auditoria”, explica Gerson.

Esta é mais uma ação realizada pelos auditores da Receita Estadual com o objetivo de combater a evasão de tributos estaduais de acordo com a orientação do governador Ronaldo Caiado e da Secretaria da Economia de Goiás.

“Estamos atentos no sentido de coibir a prática da concorrência desleal responsável por enormes prejuízos à economia goiana e ao país como um todo, além de se tratar de crime”, observa a secretária Cristiane Schmidt.

Comunicação Setorial – Economia

 

Fonte: Governo GO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GOIÁS

Parceria fortalece os pequenos negócios goianos

Publicados

em


A parceria entre Sebrae Goiás e a GoiásFomento vem se fortalecendo neste momento crítico que as empresas passam por conta da pandemia. Mais do que nunca os pequenos negócios vêm a importância de se cuidar para a sustentabilidade e retomada da economia do Estado.  

Dentre os projetos desta parceria estão o convênio com o Fampe (Fundo de Aval para Micro e Pequenas Empresas) e a GarantiGoiás (Associação de Garantia de Crédito de Goiás). Ambos com o foco em facilitar o acesso ao crédito por meio da concessão de garantias nas operações de crédito, uma das principais dificuldades enfrentadas pelas empresas e apontada em todas as pesquisas.  

Por isso, para facilitar este acesso, o Sebrae Goiás e a GoiásFomento buscam juntos uma atuação mais próxima ao empresário, oferecendo o que ele precisa em cada etapa deste tema. O Sebrae Goiás passará a orientar pequenos negócios no acesso a linhas de crédito. A orientação ocorrerá antes, durante e depois da obtenção do crédito por parte do empreendedor, que poderá contar com mais de 100 cursos EAD e atendimento on-line ou presencial oferecidos pela instituição.  

De acordo com o analista técnico do Sebrae Goiás, Anderson Cezar Leite, “o trabalho do Sebrae em parceria com a GoiásFomento é fornecer a orientação a todos os empreendedores que quiserem pleitear empréstimos junto à agência, conforme necessidade do cliente. O Sebrae irá conduzir o empreendedor a escolher a linha de crédito que melhor se adeque às suas necessidades”, explica.  

Anderson diz ainda que esse é um trabalho realizado pelo Sebrae, e que poderá ser feito tanto on-line quanto presencialmente. “A expectativa é de que o empreendedor se prepare para pegar um empréstimo e que se prepare cada vez mais para honrar esse compromisso no futuro. Por isso, o Sebrae estará presente na escolha do crédito, na sua obtenção e após, monitorando o empreendedor para que ele possa honrar com esse compromisso”, afirma.

Leia Também:  SIC auxilia micro e pequenos empresários a lidar com a crise da pandemia

Na fase inicial (pré-credito), quando o empresário precisa buscar ajuda, o cliente da Goiás Fomento pode contar com todo atendimento prestado pelo Sebrae, desde orientá-lo sobre sua real necessidade, como orientações sobre as linhas disponíveis, suas particularidades e exigências, até os documentos necessários para envio.

No caso das linhas do Crédito Produtivo e do Microcrédito Produtivo Orientado, onde por regulamento da linha, é exigido uma orientação para tomada do crédito, o Sebrae GO e a GoiásFomento, buscaram uma solução para que as duas linhas continuassem beneficiando seus clientes. Firmaram então um acordo para uma Oficina de Capacitação à distância (EAD) com abordagem do conteúdo exigido, chamada Oficina de Crédito Consciente:

Totalmente online e gratuita, onde o próprio cliente gera seu certificado assim que conclui a Oficina e com isso, tem acesso as essas duas linhas de crédito que têm condições atrativas. O cliente pode procurar pelo Sebrae ou pela GoiásFomento, que será atendido e orientado nessa etapa. Graças ao esforço dessas duas entidades, os clientes terão maior facilidade no acesso a essas linhas.

Além disso, o Sebrae GO disponibiliza a todos os clientes da GoiásFomento de forma gratuita, consultores específicos do tema crédito. Porque mais importante do que encontrar a melhor linha de crédito para o empresário, é preciso avaliar se de fato, o problema dele é crédito. O agendamento do horário é simples e rápido, sem espera nem burocracia.

Leia Também:  Corte de água por inadimplência tem novo prazo

Pensando na sustentabilidade do negócio e crescimento da empresa, após o cliente ter tomado uma linha de crédito, ele continua contando com atendimento do Sebrae para ajudá-lo na gestão desse crédito (fase pós-crédito). Hora importante de cuidar do fluxo de caixa e garantir que tudo continuará seguindo conforme previsto e seus compromissos serão honrados.  Nessa etapa, o Sebrae Goiás disponibiliza consultorias gratuita de uma hora com consultor específico que ajudará no controle dos pagamentos e projeções futuras e ajudará o empresário a gerenciar e aplicar o recurso da forma mais eficiente.

Atendimentos

Os empresários podem acessar o Sebrae através dos canais listados abaixo, para buscar orientações, consultorias e capacitações. Todo o trabalho desenvolvido é gratuito.

Central de Relacionamentos: 0800-570-0800 (orientações e agendamentos).

  • Portal Sebrae Coronavírus: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/coronavirus. (Informações e ferramentas para a empresa reagir à quarentena).
  • Atendimento on-line e agendamento podem ser feitos pelo próprio cliente pelo site: agendamento.sebraego.com.br. (Consultorias remotas para tratar de planejamento, marketing, finanças, acesso à crédito e para o MEI apoiando na formalização, alteração, baixa, declaração de faturamento entre outros).
  • Portal EAD: ead.sebrae.com.br  
  • Fale com o Sebrae: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/faleconosco. (Atendimento via chat com analistas para orientações e informações sobre gestão de negócios, planejamento, marketing, finanças e sobre questões legais para o MEI).
  • Redes sociais: @sebraego. (Interação com o empresário com postagens e vídeos sobre estratégias e informações para melhorar a gestão das empresas).

Fonte: Sebrae-Go/GoiásFomento

Fonte: Governo GO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA