ECONOMIA

Por onde estão os aviões com pintura Oneworld da LATAM?

Publicados

em


source

Contato Radar

undefined
Lucas Marques

Por onde estão os aviões com pintura Oneworld da LATAM?

No final do ano passado, o mercado aéreo recebia uma notícia inesperada: a Delta Air Lines estava trocando a GOL pela LATAM. Dessa forma, um dos pontos questionados era a questão das alianças, já que a Delta é SkyTeam e a LATAM era Oneworld até então.

O caminho escolhido pela LATAM foi mais prático, iria sair da Oneworld e após, ficaria independente. Vale lembrar que, quando a LATAM Brasil ainda era TAM, a companhia pertenceu a Star Alliance, após a saída da VARIG.

Como padrão, as companhias aéreas membros tem que pintar algumas aeronaves com a marca da aliança global. Com a saída da LATAM da Oneworld selada em 1º de maio deste ano, era esperado uma rápida padronização.

Entretanto não foi o que aconteceu. Não só nas pinturas das aeronaves, mas como em diversos aeroportos ainda é possível observar ambas as marcas juntas.

Mesmo com a unificação das marcas da LAN e TAM para LATAM, algumas aeronaves ainda voavam com suas respectivas pinturas antigas. E somente duas aeronaves ganharam a pintura da LATAM com a logomarca da Oneworld. Mas, onde estão todas essas aeronaves com a pandemia?

Leia Também:  Programa solidário da LATAM ajuda instituição pernambucana em celebração ao mês das crianças

LATAM Brasil

A principal filial do grupo, contava com três jatos com a marca Oneworld. Sendo um Airbus A321, matrícula PT-XPB e dois Boeing 767-300, matrículas PT-MOC e PT-MOH.

Este último, voou na divisão brasileira por apenas dois anos, entre 2015 e 2017. Depois, foi vendido e transformado em cargueiro, voando desde então na Atlas Air atendendo a Amazon Prime Air.

Já o PT-MOC encontra-se estocado em São Carlos, no hangar de manutenção da companhia desde o início da pandemia. Ainda encontra-se com a pintura antiga da TAM com a descrição Oneworld na fuselagem.

O PT-XPB foi o primeiro jato do Grupo LATAM a possuir a nova pintura com a marca da aliança global. Ficou estocado em Curitiba durante meses na pandemia e foi reativado no início de outubro, e continua com o Oneworld em sua fuselagem.

LATAM Chile

A matriz do grupo contava com duas aeronaves com a marca da Oneworld. O Airbus A320 matrícula CC-BAC e o Boeing 767-300 matrícula CC-CXJ. Ambos ainda possuíam as cores base da LAN. Entretanto, foram modificados e hoje não contam mais com a marca da aliança global.

Leia Também:  Funcionário da Latam foi demitido após denunciar racismo; veja o caso

No lugar foi substituído pela marca antiga da LAN, mantendo apenas o estabilizador vertical pintado. Portanto, mesmo hoje sendo LATAM, fazendo cinco anos em breve da nova marca, foram os últimos a receberem a marca LAN em pleno 2020.

LATAM Argentina e LATAM Equador

Ambas filiais contava cada uma com um jato nos padrões da aliança. Sendo assim, um Airbus A320 matrícula LV-BFO e um Airbus A319 matrícula HC-CPJ, respectivamente.

O LV-BFO ainda conta com a pintura base da LAN. Com o encerramento das operações da filial na Argentina, o jato encontra-se estocado em Buenos Aires, no aeroporto Aeroparque.

Enquanto o HC-CPJ continua voando normalmente, assim como o PT-XPB, com a pintura LATAM e logomarca Oneworld. São os dois únicos que ainda contam a marca da aliança na fuselagem, de acordo com o último registro no JetPhotos.net.

O post Por onde estão os aviões com pintura Oneworld da LATAM? apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Boeing celebra retorno das operações do 737 MAX no Brasil

Publicados

em


source

Contato Radar

undefined
Lucas Marques

Boeing celebra retorno das operações do 737 MAX no Brasil

Após o anúncio realizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), nesta quarta-feira (25), sobre a autorização do retorno das operações do Boeing 737 MAX no Brasil, a Boeing falou a respeito da decisão.

“Todos os dias nos lembramos, refletimos e nos dedicamos a garantir que acidentes como os que levaram à decisão de suspender as operações nunca mais aconteçam”, disse David Calhoun, CEO da Boeing. “A Boeing trabalhou em estreita colaboração com a FAA e a ANAC para atender às suas expectativas de retomar as operações do 737 MAX com segurança no Brasil.”

Ao longo dos últimos 20 meses, a Boeing realizou mais de 4.400 horas de testes, incluindo mais de 1.350 voos. Equipes de mecânicos e engenheiros da Boeing estabeleceram processos de manutenção adequados durante o armazenamento e já estão trabalhando para apoiar as atividades de despreservação das aeronaves no Brasil.

A segurança é a principal prioridade da Boeing e a empresa continuará a trabalhar com as agências reguladoras e nossos clientes para a retomada da operação das aeronaves globalmente.

Leia Também:  LATAM lança promoção para voos nacionais e internacionais

O post Boeing celebra retorno das operações do 737 MAX no Brasil apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA