DISTRITO FEDERAL

Rede pública de ensino recebe Feira do Livro itinerante

Publicados

em


Duo Flor de Cacau e a autora Nyedja Gennari | Foto: Catarina Ribeiro

A segunda edição do projeto itinerante da Feira do Livro de Brasília começou esta semana e segue até 18 de dezembro. Desta vez, o formato é virtual, devido à pandemia do coronavírus.

A 2ª FeLib conta histórias diferentes dos escritores Álvaro Mordenell, Íris Borges, João Rodrigues e Nyedja Gennari, apresentadas por Patrícia Berg, Tia Mari, o grupo Matrakaberta e o Duo Flor de Cacau. O evento vai passar, ao todo, por 40 escolas da rede pública do Distrito Federal. Cada uma delas recebe a doação de 12 livros, totalizando 480 obras.

As Coordenações Regionais de Ensino mais distantes do centro de Brasília são contempladas nesta edição e abrangem Ceilândia, Sol Nascente, Estrutural, Gama, São Sebastião, Planaltina, Samambaia, Paranoá, Itapoã, Guará, Taguatinga, Recanto das Emas e Núcleo Bandeirante. A região do Plano Piloto vai receber a próxima edição da FeLib.

A ideia, segundo os organizadores, é dar oportunidade de acesso a diferentes obras literárias para esse público. A cada dia da feira itinerante, duas escolas recebem um link com as contações de história, incluindo a tradução em libras.

Os autores das histórias têm participação especial no material gravado. A produção começa pelo contador. Depois, ele apresenta o autor, que fala sobre a inspiração para aquele conto. Durante a conversa, o próprio contador faz algumas perguntas que talvez os estudantes fizessem no formato presencial. O diretor ou outro representante da escola também participa.

Leia Também:  Prorrogada a vigência do FAC Ocupação
Livros do auto João Rodrigues | Foto: Catarina Ribeiro

Iniciativa

A FeLiB Itinerante é uma ação da Feira do Livro de Brasília promovida pela Câmara do Livro do Distrito Federal e o Instituto Latinoamerica, com fomento da Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo.

A partir do dia 19 de dezembro, ao final da 2ª FeLib, todas as produções estarão disponíveis ao público em geral no canal do Instituto Latinoamerica.

Em dezembro de 2019 e fevereiro de 2020, 15 escolas da rede pública foram contempladas na primeira edição da Feira do Livro Itinerante. Essas unidades são localizadas em áreas urbanas e rurais nas regiões de Sobradinho, Sobradinho II, Fercal e Planaltina. Na ocasião, 225 livros foram distribuídos gratuitamente para as bibliotecas das escolas.

Conheça as histórias:

Autor – João Rodrigues (Contador de História: Grupo Matrakaberta)

• Quer conhecer as diferenças?

• Quer conhecer o universo?

• O menino que achava que empinava pipa

• Cantando e contando histórias de João

• Identidade (história contada pelo próprio autor)

Autora – Nyedja Gennari (Contadores de História: Duo Flor de Cacau)

Leia Também:  Governo de AL realiza audiência pública para concessão do Matadouro de Viçosa

• Fora de moda

• A Cobra Jurema

• Fofoca Reversa

• O Mundo azul de Samuel

• Guto o Sapo Bocudo

Autor – Álvaro Modernell (Contadora de História: Tia Mari)

• Dia de Chuva

• O Pé de meia mágico

• Poupança, a porquinha do Zequinha

• O Poço dos Desejos

• Somos diferentes, mas somos iguais

Autora Íris Borges (Contadora de História: Patrícia Berg)

• Bia e os Filhote: animais domésticos

• Bolas! Quantas bolas!

• Cartas para meus amores

• De que bruxa você tem medo?

• O medalhista

• O navio

• Passeando por Brasília

• Quer conhecer meus livros?

• Rosa Morena

• Será que é história?

• Você leva pão de queijo hoje, mamãe?

• Eu amo escritores

*Com informações da Secretaria de Educação

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Mais conforto para quem procura emprego

Publicados

em


A Agência do Trabalhador da SCS vai se mudar para a 511 Norte | Foto: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

A partir de 1º de fevereiro, a Agência do Trabalhador do Plano Piloto vai mudar de endereço. Os atendimentos, que antes eram no Setor Comercial Sul (SCS), passarão a ser feitos na 511 Norte.

O horário de atendimento, no entanto, permanece o mesmo: de segunda a sexta-feira das 8h às 17h. Em 2020, a Agência do Plano Piloto atendeu 19 mil pessoas, que agora terão mais conforto ao buscar uma vaga no mercado de trabalho.

Segundo a Setrab, o espaço atual não comporta mais o investimento logístico, estrutural e estratégico pensado para a secretaria. O secretário de Trabalho Thales Mendes Ferreira afirma que o espaço maior vai permitir que o cidadão tenha acesso a outros serviços da secretaria, como capacitação profissional e acesso ao microcrédito.

A agência também poderá ser usada por empresas que quiserem realizar entrevistas no local. “Será um novo conceito de agência”, afirma. Além disso, a mudança para a Asa Norte será uma forma de descentralizar o atendimento. “Na Asa Sul, temos a agência da 112, que atende prioritariamente pessoas com deficiência, mas está disponível para toda a população”, explica.

Leia Também:  Mais 20 leitos de UTI com hemodiálise na UPA de Sobradinho

Com a mudança, a Secretaria de Trabalho (Setrab) vai ocupar uma área de mais de 5 mil metros quadrados, um espaço praticamente o dobro da atual. O espaço maior também vai permitir que os servidores cumpram o protocolo de segurança em razão da pandemia do coronavírus, como o distanciamento social.

Preocupado com o fomento da economia local, com ênfase na geração de emprego e renda, fortaleceu a pasta que, até início de 2019, era uma Secretaria Adjunta da antiga Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh). Com a transformação em uma secretaria de estado, a Setrab ganhou nova estrutura, com seis subsecretarias e um aumento considerável no quadro de pessoal.

O novo prédio também é mais moderno e atenderá a estratégia de investimento tecnológico, de modernização, acessibilidade e sustentabilidade pensada para o novo modelo inteligente e inovador da Setrab.

Agência Plano Piloto
Setor de Edifícios de Utilidade Pública Norte
SEPN, quadra 511, bloco A – Asa Norte
Aberta de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Leia Também:  Filme retrata promessas da construção da capital
Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA