DISTRITO FEDERAL

Planaltina comemora aniversário virtualmente  

Publicados

em


.
A cidade, que existe desde o século 19, preserva diversos pontos da arquitetura original: história viva | Fotos: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

Os moradores de Planaltina entrarão no túnel do tempo a partir deste sábado (1º), às 16h. Para comemorar os 161 anos da cidade, a administração regional preparou uma programação com cinco lives sobre o primeiro núcleo urbano da capital. O historiador Elias Manoel e o professor Xiko Mendes resgataram a história da construção da região.

Toda a festa foi elaborada com as devidas precauções, diante do momento de pandemia. “Há toda uma preocupação do governo em evitar aglomerações e, consequentemente, a proliferação do novo coronavírus, mas nos adaptamos para comemorar essa data tão importante para a cidade”, explica o administrador de Planaltina, Célio Pimentel.

“Muito antes de Brasília ser Brasília, Planaltina era Mestre d’Armas, onde se plantou a pedra fundamental para a construção da nova capital da República”, lembra o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues. E curiosidades sobre aspectos históricos não faltarão na comemoração da data.

Cidade histórica

Um dos convidados da primeira live de sábado, o pesquisador Elias Manoel explica que Planaltina surgiu há 209 anos, em 1811. “Vamos resgatar a história da região e ajudar na compreensão sobre a formação de Planaltina”, conta. “Dessa forma, é possível entender a importância desse núcleo para o processo de transferência da capital para o DF”.

Em 1922, após a passagem da Comissão Cruls (Comissão Exploradora do Planalto Central, chefiada pelo astrônomo e geógrafo belga Luiz Cruls), o então presidente da República, Epitácio Pessoa, determinou o assentamento da Pedra Fundamental onde se pretendia construir a futura capital do Brasil. O monumento fica no Morro da Capelinha.

Pedra Fundamental: mais que um monumento, o marco de onde o conceito Brasília começava a nascer | Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília

A partir da década de 1960, foi registrado um período de crescimento populacional derivado da criação da capital federal, com o surgimento de novas áreas habitacionais ao redor do núcleo tradicional acompanhando o traçado viário.  Em 1964, a Lei nº. 4.545 dividiu o DF em oito regiões administrativas (RAs), sendo Planaltina a RA VI.

Leia Também:  Produção de fitoterápicos é retomada no Cerpis de Planaltina

“E hoje, Planaltina continua sendo um dos territórios culturais mais criativos do DF”, valoriza o secretário de Cultura. “É motivo de orgulho de todos nós. Faz por merecer o complexo cultural, um equipamento moderno mantido pela secretaria para fomentar a cultura na cidade.”

“Planaltina continua sendo um dos territórios culturais mais criativos do DF. É motivo de orgulho de todos nós”Bartolomeu Rodrigues, secretário de Cultura e Economia Criativa

Projetos culturais  

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) coordena dois projetos na cidade: Ocupação Horizontal no Complexo Cultural de Planaltina e Planaltina Arte Urbana. O primeiro, patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC), trabalha com oficinas de produção cultural.

Planaltina Arte Urbana, por sua vez, terá entre os destaques a contratação de grafiteiros que vão criar um painel para uma das paredes externas do Complexo Cultural da Planaltina. “Também idealizamos a segunda edição do nosso projeto Lives de quinta com bate-papos sobre a região, a história e seu patrimônio cultural, com convidados que são considerados tesouros vivos da nossa cidade”, adianta o gerente do complexo, Júnior Ribeiro.

O Complexo Cultural de Planaltina funciona como ponto de encontro de artistas e da comunidade em geral. Mais de 30 mil pessoas frequentaram o espaço ao longo de seus dois anos de funcionamento. Já passaram por lá eventos como Encontro de Violeiros e Violeiras do DF, Projeto I’ll be There (tributo a Michael Jackson), Encontro de Folias de Reis, Festival Parque Sucupira de MPB, Mostra de Cinema e Direitos Humanos e Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

“Todas essas atividades culturais fortalecem a cadeia produtiva e oportunizam o consumo à periferia”, ressalta Júnior Ribeiro. “Antes da inauguração do Complexo, a comunidade de Planaltina precisava sair da sua região de origem para consumir cultura no Plano Piloto. Hoje é possível consumir cultura na nossa própria cidade.”

Leia Também:  Campanha solidária da Segurança Pública arrecada mais de mil itens 

GDF Presente

Nos últimos dias, os moradores de Planaltina convivem com equipes e equipamentos do GDF Presente. São caminhões, retroescavadeiras, patrolas, tratores e outras máquinas da Novacap, SLU e DER-DF. Todo esse aparato também faz parte do calendário de comemorações e ficará na cidade até a próxima terça-feira (4).

O plano de ação do mutirão conta com patrolamento das vias sem pavimentação, criação do sistema de drenagem, recolhimento de lixo e entulho, construção de galerias de águas pluviais e podas de árvores. “É uma forma de mostrar que o governo tem um carinho muito grande por Planaltina e de mudar o dia a dia das pessoas com reparos que parecem simples para uns, mas que fazem diferença para outros”, destaca o administrador da cidade.

Um dos trabalhos mais importantes realizados pelas equipes do Polo Norte foi concluído na quinta-feira (30/7): o ajuste e patrolamento das estradas de acesso que levam ao Monumento da Pedra Fundamental de Brasília, um dos pontos turísticos mais conhecidos da região. Ao todo, 20 quilômetros de estradas receberam nivelamento, o que garante a segurança de quem quiser acessar o local.

O GDF Presente também atuou no Bairro Estância. No local, puderam ser recolhidas 220 toneladas de entulhos e inservíveis. Já às margens da DF-230, foram roçados 2,5 quilômetros lineares de área verde. Outro ponto da cidade também visitado pelas equipes foi a comunidade Bica do DER, onde dois quilômetros de vias sem pavimentação receberam patrolamento e colocação de fresado de asfalto.

Live Narradores Mestre d’Armas – Conheça Planaltina

  • Onde: página do Instagram da Administração Regional de Planaltina (@admplanaltinadf)
  • Quando: dias 1º, 8, 15, 22 e 29 deste mês, sempre a partir das 16h.
Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Agências do trabalhador iniciam semana em busca de 188 profissionais

Publicados

em


.

Já pensou em trabalhar como vaqueiro? A ocupação, que exige trato, manejo e condução de animais como bois e cavalos, é uma das 36 profissões procuradas pelas agências do trabalhador nesta segunda-feira (10). No total, são 188 vagas, com salários que podem chegar a R$ 3.500.

A remuneração mais alta é destinada para quem tem formação superior em ciências atuariais, sendo uma vaga para atuário, profissional especialista em avaliar e administrar riscos. Não é preciso experiência.

Nível superior

Outras quatro áreas exigem nível superior de escolaridade: arquiteto de interiores (1), design de interiores (uma vaga para estagiário), projetista de móveis (1) e auxiliar contábil (1). Para essas profissões, a remuneração varia entre R$ 1.200 e R$ 1.500.

Há oportunidades, também, para outros níveis de escolaridade. Com exigência de ensino fundamental completo, açougueiro (23) e auxiliar de lavanderia (13) oferecem o maior de oportunidades. 

Profissões como ajudante de carga e descarga de mercadoria, auxiliar de linha de produção, garçom e auxiliar operacional de logística, oferecem, cada uma, dez vagas no mercado de trabalho.

Ofertas

As ofertas das agências do trabalhador também abrem espaço para pessoas com deficiência, principalmente como auxiliares de limpeza, manutenção predial, de padeiro e nos serviços de alimentação. Há, ainda, procura por fiscal de prevenção de perdas e repositor de mercadorias. Nestas áreas, são 31 vagas e todas exigem experiência profissional.

Os interessados em concorrer a alguma das vagas devem procurar uma das agências do trabalhador, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Também é possível buscar pelo aplicativo Sine Fácil – que, em virtude da pandemia de Covid-19, também disponibiliza o serviço. Só serão encaminhados às vagas aqueles que se encaixarem no perfil solicitado pelas empresas.

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ato solene celebrará aniversário da Jucesp
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA