DISTRITO FEDERAL

Ônibus circulam com desvio na Esplanada neste domingo (6)

Publicados

em


Os ônibus de todas as linhas que passam pela Esplanada dos Ministérios terão mudança de itinerário pela manhã e à tarde neste domingo (6). As vias S1 e N1 estarão interditadas pelas autoridades de trânsito e segurança, devido às manifestações que vão acontecer na Esplanada.

Com isso os ônibus que passam pelo local deverão circular nas vias S2 e N2, conhecidas como ruas dos anexos dos Ministérios. A interdição está prevista para ocorrer à zero hora de domingo e o trânsito só será restabelecido no final da tarde, quando as manifestações se encerrarem.

As duas vias que passam pelos anexos dos Ministérios não contam com paradas de ônibus, pois não fazem parte dos itinerários das linhas. Assim, as paradas para embarque e desembarque serão de acordo com as solicitações dos passageiros, considerando as condições de trânsito e as determinações das autoridades no local.

*Com informações da Semob

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Agências do trabalhador: 45 vagas para pessoas com deficiência
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Elaborado Plano de Desenvolvimento Rural do DF

Publicados

em


Plano será elaborado em conjunto, por meio de cooperação técnica dos órgãos envolvidos | Foto: Divulgação/Seagri

Profissionais e autoridades do setor agropecuário local e nacional se reuniram, sexta-feira (15), no auditório da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri) em torno do debate de estratégias para criação do Plano de Desenvolvimento Rural do Distrito Federal.

“A união dos órgãos governamentais, classe produtiva e instituições técnico-científicas sinaliza a integração de esforços para um planejamento rural prolongado, para um período de 20 anos”, afirmou o secretário de Agricultura, Candido Teles de Araújo. Segundo ele, o Plano de Desenvolvimento Rural do DF estabelecerá os eixos de desenvolvimento sustentável da agropecuária local, oferecendo condições estruturantes para que a população do campo possa ter um planejamento de suas atividades em longo prazo.

“A união dos órgãos governamentais, classe produtiva e instituições técnico-científicas sinaliza a integração de esforços para um planejamento rural prolongado, para um período de 20 anos”Candido Teles de Araújo, secretário de Agricultura

Ficou definido que início do projeto se dará por meio de cooperação técnica entre as áreas envolvidas. “Eu vejo que isso vai avançar rápido, e a gente poderá ter um desenho do que queremos nos próximos 20 anos para as pessoas que trabalham e moram no campo”, destacou o titular da Seagri.

Leia Também:  Eleições 2020: Eleitores de 57 cidades voltam às urnas neste domingo no 2° turno

Além das equipes da Seagri, o encontro contou com a participação de representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF (Emater), Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa), Parque Granja do Torto (PGT), Federação da Agricultura e Pecuária do DF  (Fape), Superintendência Federal de Agricultura do Distrito Federal (SFA-DF/Mapa), Secretaria de Empreendedorismo (Semp), Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Universidade de Brasília (UnB), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cerrados e Embrapa Hortaliças) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do DF (Senar). Representando o Legislativo, também esteve presente o deputado distrital Roosevelt Vilela.

* Com informações da Seagri

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA