DISTRITO FEDERAL

Novembro Azul em ação no Riacho Fundo

Publicados

em


Atividades foram de orientação geral sobre a saúde do homem e aplicação de testes | Foto: Divulgação/SES

Com o foco na saúde do homem e na prevenção do câncer de próstata – campanha Novembro Azul -, a Unidade Básica de Saúde 1 (UBS 1) do Riacho Fundo promoveu, neste sábado (21), uma ação aberta à comunidade.

Foram atendidas 123 pessoas, com a realização de 80 testes de HIV, 80 de sífilis e 80 de hepatite B, além de 100 aferições de pressão arterial e 100 testes de glicemia. O trabalho contou com apoio da administração da cidade.

A ação ocorreu de 8h às 12h na Praça Pública Japonês, com oferta de teste rápido para sífilis, HIV e hepatite B; verificação de pressão arterial e glicemia; entrega de kits com máscaras e álcool gel; orientação sobre a saúde do homem; encaminhamento para pacientes sintomáticos para exames complementares e cadastro domiciliar.

Testes e encaminhamentos

De todos os testes realizados, quatro foram positivos para sífilis. Os pacientes já saíram orientados e com a receita para iniciar tratamento correto já na segunda-feira (23). Todos os testes de hepatite B e HIV foram negativos. Seis pacientes com sintomas de câncer de próstata foram encaminhados para investigação e exames complementares, e um recebeu encaminhamento para averiguar suspeita de tuberculose.

Leia Também:  O trabalho sensível de pessoas com deficiência nos viveiros da Novacap

Além dos serviços oferecidos, houve café da manhã em alusão ao Dia da Consciência Negra. A ação da região de saúde Centro-Sul contou com o apoio da Administração Regional do Riacho Fundo I.

* Com informações da SES

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Trabalhos de manutenção por todo o Guará

Publicados

em


Trabalhos incluem a construção de calçada em becos que darão conforto aos moradores | Foto: Divulgação/GDF Presente

Para manter o cuidado regular nas vias e áreas públicas do Guará I e II, equipes do GDF Presente iniciaram esta semana uma força-tarefa que inclui roçagem da grama do kartódromo, frisagem de meios-fios, vistoria em bocas de lobo e até a construção de uma calçada de 52 metros entre dois conjuntos residenciais.

Essa foi uma conquista comemorada pela professora aposentada Lelia Carvalho, 76 anos. Moradora da QE 15 do Guará I, ela conta que nos dias chuvosos era um problema atravessar o beco em frente à sua casa para chegar mais rápido à parada de ônibus. “A passagem era gramada, e era só chover que enchia de água e molhava os sapatos inteirinhos”, lembra. Agora, com a calçada, o problema chega ao fim. “Eu adorei porque é uma coisa que a gente vinha pedindo há muitos anos e ninguém nos atendia”, conta.

A coordenadora do Polo Central, Vânia Gurgel, comentou a importância do serviço para os moradores da região da QE 15 e destacou a soma de esforços que levou à sua execução. “A mão de obra é muito boa, a Administração Regional disponibiliza 28 reeducandos, e o trabalho em conjunto com o GDF Presente trouxe essa importante obra para a cidade”, ressalta.

Foto: Divulgação/GDF Presente
No kartódromo do Guará a grama alta foi aparada e, junto aos meios-fios, foi feita a capina do mato que estava sobre eles | Foto: Divulgação/GDF Presente

No kartódromo do Guará a grama alta foi aparada e, junto aos meios-fios, foi feita a capina do mato que estava sobre eles – trabalho chamado de frisagem. 

Nas QI 18, 20 e 22 do Guará II, o GDF Presente recolheu diversos inservíveis como pedaços de armários e paletes de madeira descartados incorretamente por moradores nas calçadas e canteiros das vias. Esse material, se jogado fora de maneira irregular, pode acumular água e servir de foco de criação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, além de poluir visualmente a cidade.  

Demandas

Já na QE 40 do Guará II, uma boca de lobo que foi vandalizada e estava descoberta colocava em risco a segurança de pedestres, além de acumular lixo trazido pelas chuvas. Com o suporte do Polo Central, responsável pelo atendimento da região no programa GDF Presente, uma nova tampa foi colocada, cobrindo o vão.

Para a administradora regional do Guará, Luciane Quintana, o GDF Presente é um reforço importantíssimo para a região. “Com esse programa permanente conseguimos desafogar demandas e dar celeridade no atendimento ao cidadão, tendo o Polo Central, que é o que coordena todas as edições por aqui, um grande facilitador com apoio de mão de obra e maquinário”, afirmou.

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Complexo de Reciclagem da Estrutural em fase final de construção
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA