DISTRITO FEDERAL

Mais de 4 mil pessoas abordadas em ação contra homicídios

Publicados

em


Operação ganha projeção nacional ao reunir diversos órgãos de segurança e fiscalização | Foto: SSP-DF

Mais de 4 mil pessoas já foram abordadas durante a Operação Quinto Mandamento, entre sexta-feira (16) e domingo (18), nas cidades de Recantos das Emas, Sol Nascente/Pôr do Sol, Ceilândia, Santa Maria, São Sebastião e Samambaia. A operação tem como objetivo reduzir os crimes contra a vida e, sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF), reúne representantes das forças de segurança – Polícias Civil (PCDF) e Militar (PMDF), Departamento de Trânsito (Detran-DF) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) -, do DF Legal e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF).

“Resultados dessas ações integradas têm colocado o DF como destaque nacional, o que mostra que estamos no caminho certo em relação às políticas e estratégias adotadas”Anderson Torres, secretário de Segurança Pública

A operação é realizada de forma contínua em cidades definidas a partir de levantamentos e análises das subsecretarias de Inteligência (SI) e de Gestão da Informação (SGI), ambas da SSP-DF, que mapearam locais, dias, horários e locais de maior incidência de cada crime. A coordenação é feita pela Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi).

Leia Também:  Mais um terreno que servia como lixão é desativado em Ceilândia

“A Quinto Mandamento tem sido essencial para que possamos seguir no decréscimo dos crimes contra a vida aqui no Distrito Federal. Os resultados dessas ações integradas têm colocado o DF como destaque nacional, o que mostra que estamos no caminho certo em relação às políticas e estratégias adotadas”, afirma o secretário de Segurança Pública, delegado Anderson Torres.

PMDF e PCDF já realizaram, de forma conjunta, 4.614 abordagens | Foto: SSP-DF

Resultados alcançados

A operação está em curso desde 31 de julho. Desde então até o último final de semana, a PMDF e a PCDF realizaram, de forma conjunta, 4.614 abordagens com checagem de documentação (CNH e carteira de identidade, por exemplo) e de eventuais mandados de prisão em aberto. Os policiais também fiscalizaram 548 veículos.

O DF Legal já vistoriou 477 estabelecimentos nas seis regiões. O Detran-DF e o DER/DF abordaram 919 veículos e aplicaram notificações diversas. Por sua vez, bombeiros militares passaram orientações a 144 comerciantes a respeito de documentação, de saídas de emergência e de Sistema de Combate a Incêndios.

Os resultados alcançados são bastante expressivos, como afirma o subsecretário de Operações Integradas da SSP-DF, coronel Márcio Vasconcelos. “A operação é realizada de forma integrada, com cada órgão atuando dentro de suas competências, de forma extraordinária. Ou seja, independente da ação rotineira de cada órgão. A produtividade tem crescido a cada final de semana”, resume.

Leia Também:  Opinião - A vacina contra as fake news

* Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Sara Winter terá que pagar 100 cestas básicas após ofender a honra de Ibaneis

Publicados

em

Sara “Winter” terá que pagar 100 (cem) cestas básicas a entidades filantrópicas indicadas pelo governador Ibaneis Rocha. Este foi o acordo celebrado na Justiça após Sara ser processada por Ibaneis por atacar a sua honra em um vídeo publicado em 14/06/2020 no qual xingou Ibaneis e o acusou de tentar enfraquecer a militância de rua bolsonarista em decorrência do decreto distrital que determinou o fechamento da esplanada e a desocupação do acampamento dos 300 do Brasil.

Ibaneis foi representado pela Dra. Estefânia Viveiros, ex-presidente da OAB/DF, nesta ação indenizatória a qual foi distribuída perante a 10ª Vara Cível de Brasília e resultou em acordo mediado e na retratação de Sara, a qual pediu “as mais sinceras desculpas pelos excessos cometidos pelo uso da palavra, entende que a retratação é justa e cabível, bem como exemplo aos demais manifestantes, para que entendam a importância da autocomposição dos conflitos e a primazia pela paz”.

Sara “Winter” também pediu que a população do Distrito Federal, onde mora, “tome como incentivo este ato para prezar sempre pela solução pacífica dos conflitos, sobretudo entre povo e governo, enquanto eleitores”. Por fim, ela agradeceu a oportunidade e parabenizou Ibaneis “por concordar com o encerrar do que seria um desgaste de emoções apesar das diferenças ideológicas, desejando que outros líderes sigam o exemplo, priorizando a conciliação, promovendo a paz, a civilidade e respeito recíprocos”.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia faz operação contra funcionários da prefeitura do Rio
Continue lendo

FAMOSOS

DISTRITO FEDERAL

SEGURANÇA

MAIS LIDAS DA SEMANA