DISTRITO FEDERAL

Liberado pagamento das bolsas Alimentação e Alimentação Creche

Publicados

em


O pagamento dos cartões Bolsa Alimentação e Bolsa Alimentação Creche foi realizado nesta quarta-feira (28). Nos lotes, foram beneficiados 127.849 estudantes da rede pública de ensino e 21.414 crianças matriculadas nas instituições conveniadas à Secretaria de Educação. 

Os auxílios foram criados no início da pandemia da Covid-19 pelo Governo do Distrito Federal para garantir que nenhum estudante fique sem assistência alimentar e nutricional no período de suspensão das aulas presenciais. O investimento total em outubro chegou a R$ 12.026.084,81.

Têm direito a receber a Bolsa Alimentação todos os 106.435 mil estudantes que fazem parte do programa Cartão Material Escolar (CME), ou seja, matriculados na rede pública de ensino do DF, cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família.

Beneficiários da Bolsa Alimentação recebem conforme os dias em que o estudante estaria na escola. Em outubro, foram 19 dias úteis. Para aqueles que faziam uma refeição na escola, foram creditados R$ 75,62. Já os estudantes que faziam duas refeições tiveram crédito de R$ 151,24. O total investido em outubro no auxílio foi de R$ 8.587.029,10.

Têm direito a receber a Bolsa Alimentação todos os 106.435 mil estudantes que fazem parte do programa Cartão Material Escolar (CME), ou seja, matriculados na rede pública de ensino do DF, cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família.

Creches

A Bolsa Alimentação Creche tem valor fixo, R$ 150,00 mensais, e é destinada a crianças de 0 a 5 anos matriculadas em unidades de ensino da rede pública e nas instituições parceiras da Secretaria de Educação. Neste mês, foram 21.414 beneficiadas, com investimento total de R$ 3.439.055,71.

*Com informações da Secretaria de Educação

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro sanciona lei que suspende pagamento de parcelas do Fies
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Sara Winter terá que pagar 100 cestas básicas após ofender a honra de Ibaneis

Publicados

em

Sara “Winter” terá que pagar 100 (cem) cestas básicas a entidades filantrópicas indicadas pelo governador Ibaneis Rocha. Este foi o acordo celebrado na Justiça após Sara ser processada por Ibaneis por atacar a sua honra em um vídeo publicado em 14/06/2020 no qual xingou Ibaneis e o acusou de tentar enfraquecer a militância de rua bolsonarista em decorrência do decreto distrital que determinou o fechamento da esplanada e a desocupação do acampamento dos 300 do Brasil.

Ibaneis foi representado pela Dra. Estefânia Viveiros, ex-presidente da OAB/DF, nesta ação indenizatória a qual foi distribuída perante a 10ª Vara Cível de Brasília e resultou em acordo mediado e na retratação de Sara, a qual pediu “as mais sinceras desculpas pelos excessos cometidos pelo uso da palavra, entende que a retratação é justa e cabível, bem como exemplo aos demais manifestantes, para que entendam a importância da autocomposição dos conflitos e a primazia pela paz”.

Sara “Winter” também pediu que a população do Distrito Federal, onde mora, “tome como incentivo este ato para prezar sempre pela solução pacífica dos conflitos, sobretudo entre povo e governo, enquanto eleitores”. Por fim, ela agradeceu a oportunidade e parabenizou Ibaneis “por concordar com o encerrar do que seria um desgaste de emoções apesar das diferenças ideológicas, desejando que outros líderes sigam o exemplo, priorizando a conciliação, promovendo a paz, a civilidade e respeito recíprocos”.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Uniedu abre inscrições para novas bolsas de estudo e pesquisa nesta quinta-feira
Continue lendo

FAMOSOS

DISTRITO FEDERAL

SEGURANÇA

MAIS LIDAS DA SEMANA