DISTRITO FEDERAL

HRT vai abrir nova ala com 10 leitos do antigo hospital de campanha

Publicados

em


A nova UCI do HRT terá 474 metros quadrados de área útil. Nas próximas semanas, outros hospitais receberão os equipamentos para ampliar as estruturas existentes.| Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

O Hospital Regional de Taguatinga (HRT) vai ganhar, em breve, dez novos leitos com suporte de ventilação mecânica e um de isolamento, na nova Unidade de Cuidados Intermediários (UCI). O espaço, que está sendo montado, contará com equipamentos que faziam parte da estrutura do antigo Hospital de Campanha do Estádio Nacional Mané Garrincha, que atendeu exclusivamente, durante cinco meses, pacientes acometidos com o novo coronavírus.

“É o legado do investimento do Governo do Distrito Federal no momento da pandemia para garantir o atendimento aos pacientes no hospital de campanha e que agora será destinado aos atendimentos de pacientes diversos em várias unidades hospitalares da Secretaria de Saúde”, destaca o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, em visita a nova ala.

Com a nova ala, de acordo com a Superintendência da Região de Saúde Sudoeste, será possível dar vazão à fila de cirurgias. Isso é possível porque 50% dos leitos estarão à disposição para receber pacientes pós-cirúrgicos, evitando o bloqueio da unidade de cirurgias ao final dos procedimentos quando os recém-operados estão se recuperando. Ou seja, com leitos do centro cirúrgico desocupados, será possível fazer mais cirurgias.

É o legado do investimento do Governo do Distrito Federal no momento da pandemia para garantir o atendimento aos pacientes no hospital de campanha e que agora será destinado aos atendimentos de pacientes diversos em várias unidades hospitalares da Secretaria de SaúdeOsnei Okumoto, secretário de Saúde do DF

“Teremos na UCI cinco leitos reservados para cirurgias de grande porte que são realizadas no HRT, como ortopédicas, oncológicas, urológicas e trauma”, explica o superintendente da Região de Saúde Sudoeste, Wendel Moreira. “As outras vagas da unidade serão para receber pacientes da clínica médica e cardiologia trazidos do pronto-socorro. Será possível desafogar a emergência do HRT”, detalha o superintendente.

Leia Também:  Reconstrução de barragem permite retomada agrícola

O pronto-socorro do HRT já possui uma UCI com dez leitos. Parte dela irá para a nova UCI e dará espaço para novos leitos de emergência, que atenderão pacientes com trauma de menor gravidade onde ficarão em observação.

A nova UCI do HRT terá 474 metros quadrados de área útil. Fica próxima ao centro cirúrgico, no antigo espaço onde eram guardados os prontuários antigos.

Okumoto: legado da pandemia agora atende pacientes da rede de saúde | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Hospital de Campanha

O Hospital de Campanha do Estádio Nacional Mané Garrincha começou a funcionar em maio e encerrou as atividades em 15 de outubro. Conforme previa o contrato de gestão da unidade, após o encerramento dos trabalhos, todos os equipamentos seriam patrimoniados à estrutura da Secretaria de Saúde. Camas, monitores paramétricos, carrinho de parada, bombas de infusão e outros aparelhos estão à disposição da pasta para equipar as unidades pertencentes à estrutura da Secretaria.

Nas próximas semanas, outros hospitais receberão os equipamentos para ampliar as estruturas existentes.

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Estrutural e Ceilândia ganham Espaço Criança

Publicados

em


As salas são equipadas com livros e brinquedos doados por embaixadas e pela sociedade civil | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

A inauguração de dois espaços infantis nesta terça-feira (24) marcou a conclusão da iniciativa Adote um Espaço Criança, vinculada à campanha Vem Brincar Comigo – que, ao longo dos últimos meses, equipou unidades básicas de saúde (UBSs) e espaços do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) para receberem crianças com conforto e descontração.

Foram abertos os espaços da UBS de Ceilândia Norte e da UBS 2 da Estrutural, que receberam doações da Delegação da União Europeia. Durante os eventos, estiveram presentes a primeira-dama do DF e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha; a chefe do Escritório de Assuntos Internacionais (EAI), Renata Zuquim; o embaixador da Delegação da União Europeia, Ygnacio Ybáñez, e a subchefe de Políticas Sociais e Primeira Infância, Anucha Soares.

As salas do Espaço Criança têm mesas e cadeiras infantis, brinquedos lúdicos, quadro-negro, cantinho da leitura, conjuntos de giz de cera e de lápis de cor, entre outros atrativos para que as crianças se distraiam enquanto aguardam atendimento da família.

Lazer e aprendizagem

“Nossa população é uma das mais carentes do Distrito Federal”, disse o gerente da UBS 2 da Estrutural, Henrique Coimbra Guimarães. “Agradeço muito a criação deste espaço, que vai proporcionar momentos de lazer e diversão para a criançada. Muitas das crianças que são atendidas aqui não têm acesso a livros e nem brinquedos, então será de grande valia o nosso Espaço Criança.”

“Muitas das crianças que são atendidas aqui não têm acesso a livros e nem brinquedos, então será de grande valia o nosso Espaço Criança” Henrique Coimbra Guimarães, gerente da UBS 2 da Estrutural

Com doações das embaixadas, foram montados 19 ambientes ao todo, entre unidades de UBS e de Cras. Para Renata Zuquim, a importância da ação se mostra pela integração e cooperação local e internacional. “São secretarias, órgãos internos do GDF, embaixadas e a população do Distrito Federal se mobilizando em prol das crianças, que são nosso futuro”, afirmou, lembrando que a sociedade civil também tem colaborado com a ação.

Leia Também:  Campanha Isso é Goiás

Vem Brincar Comigo

Implementada por meio de parceria entre o EAI e a Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, a iniciativa Adote um Espaço Criança faz parte da campanha Vem Brincar Comigo, idealizada pela primeira-dama do DF. Já foram contempladas as regiões de Taguatinga, Paranoá, Candangolândia, Sobradinho, Asa Sul, Gama, Planaltina, Estrutural, Samambaia, Santa Maria, Varjão e Riacho Fundo.

 “A gente diz que aqui no DF a brincadeira de criança é coisa séria”, destaca Mayara Noronha Rocha. “O principal é que, quando as famílias buscam o Cras, elas precisam de um lugar para deixar a criança. Nesse espaço, ela se desenvolve ao mesmo tempo em que o atendimento acontece de forma tranquila.”

“O principal é que, quando as famílias buscam o Cras, elas precisam de um lugar para deixar a criança” Mayara Noronha Rocha, primeira-dama do DF e secretária de Desenvolvimento Social

O embaixador da Delegação da União Europeia aproveitou a oportunidade para agradecer também aos profissionais de saúde. “Neste momento, vocês são a nossa garantia do futuro”, ressaltou. “É um prazer poder ajudar e fortalecer essa relação entre a Europa e Brasília, que nos recebe muito bem”.

Leia Também:  Bloquete volta a ser alternativa na pavimentação de cidades

Além da Delegação da União Europeia, participam dessa iniciativa China, que equipou dez espaços (cinco UBSs e cinco unidades do Cras), Irlanda, Itália, Armênia, Uruguai, Singapura, África do Sul e Timor Leste.

 

* Com informações da Secretaria de Saúde e do EAI

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FAMOSOS

DISTRITO FEDERAL

SEGURANÇA

MAIS LIDAS DA SEMANA