DISTRITO FEDERAL

Horários de circulação de ônibus serão readequados

Publicados

em


Nesta segunda-feira (7), cerca de 10% da frota de ônibus do Sistema de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal (STPC/DF) será ajustada. A mudança será até o dia 7 de fevereiro de 2021 e ocorrerá por conta da queda na demanda de passageiros que acontece no período de férias e de recessos de final de ano.

A Secretaria de Transporte e Mobilidade calcula que este ano a redução no número de passageiros será ainda maior tendo em vista que, atualmente, o sistema tem transportado apenas 55% dos usuários. Dos 2.716 veículos das concessionárias que compõem a frota do STPC/DF, 277 não circularão neste período.

277 ônibusdeixarão de circular no período

A readequação no número de viagens será realizada nos horários de menor movimentação de passageiros, e atinge, em sua maioria, linhas que originalmente atendem estudantes. Técnicos da secretaria vão monitorar a operação para, caso necessário, fazer novas modificações.

Segurança do passageiro

Como ocorre desde o início do isolamento social, em março deste ano, a Semob tem tomado medidas necessárias para garantir a segurança dos colaboradores e dos usuários do transporte público coletivo do Distrito Federal. A secretaria determinou a higienização dos ônibus com desinfetante de Hipoclorito de Sódio – Cloro Ativo antes de cada viagem. Todos os veículos que operam no STPC-DF são lavados ao final da operação, quando retornam a garagem.

Para alertar sobre a importância do uso de máscaras faciais no transporte coletivo, a Semob realizou, em suas redes sociais e nas televisões dos ônibus e do Metrô, campanhas informando sobre a importância do acessório como instrumento de proteção ao novo coronavírus. Foram afixados cartazes nos ônibus com a informação da obrigatoriedade do uso da proteção facial. Além disso, a pasta realizou a distribuição de máscaras nos terminais rodoviários.

Os auditores fiscais da secretaria continuarão realizando vistorias nos veículos do sistema para garantir o cumprimento das normas que estabelecem as medidas de contenção da pandemia do novo coronavírus.

Todos os horários com as linhas que serão alteradas estarão disponíveis no site DF no Ponto, da Semob, a partir de segunda-feira (7).

 

Leia Também:  Paranoá vai ganhar terminal automatizado dos Correios

*Com informações da Semob

 

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Elaborado Plano de Desenvolvimento Rural do DF

Publicados

em


Plano será elaborado em conjunto, por meio de cooperação técnica dos órgãos envolvidos | Foto: Divulgação/Seagri

Profissionais e autoridades do setor agropecuário local e nacional se reuniram, sexta-feira (15), no auditório da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri) em torno do debate de estratégias para criação do Plano de Desenvolvimento Rural do Distrito Federal.

“A união dos órgãos governamentais, classe produtiva e instituições técnico-científicas sinaliza a integração de esforços para um planejamento rural prolongado, para um período de 20 anos”, afirmou o secretário de Agricultura, Candido Teles de Araújo. Segundo ele, o Plano de Desenvolvimento Rural do DF estabelecerá os eixos de desenvolvimento sustentável da agropecuária local, oferecendo condições estruturantes para que a população do campo possa ter um planejamento de suas atividades em longo prazo.

“A união dos órgãos governamentais, classe produtiva e instituições técnico-científicas sinaliza a integração de esforços para um planejamento rural prolongado, para um período de 20 anos”Candido Teles de Araújo, secretário de Agricultura

Ficou definido que início do projeto se dará por meio de cooperação técnica entre as áreas envolvidas. “Eu vejo que isso vai avançar rápido, e a gente poderá ter um desenho do que queremos nos próximos 20 anos para as pessoas que trabalham e moram no campo”, destacou o titular da Seagri.

Leia Também:  PMDF retira mais uma arma de circulação no DF

Além das equipes da Seagri, o encontro contou com a participação de representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF (Emater), Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa), Parque Granja do Torto (PGT), Federação da Agricultura e Pecuária do DF  (Fape), Superintendência Federal de Agricultura do Distrito Federal (SFA-DF/Mapa), Secretaria de Empreendedorismo (Semp), Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Universidade de Brasília (UnB), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cerrados e Embrapa Hortaliças) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do DF (Senar). Representando o Legislativo, também esteve presente o deputado distrital Roosevelt Vilela.

* Com informações da Seagri

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA