CEARÁ

PROFMAT: Governo do Ceará ofertará 192 vagas de mestrado para professores da rede estadual

Publicados

em


O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), realizou nesta sexta-feira (12) o lançamento do Mestrado Profissional de Matemática em Rede Nacional (PROFMAT), que ofertará 192 vagas em cursos de mestrado para os professores da rede pública estadual de ensino. O evento ocorreu virtualmente e teve transmissão ao vivo pelo canal da Coordenadoria de Formação Docente e Educação a Distância (Coded/CED) no Youtube. A iniciativa é fruto de parceria com as Universidades Federal do Ceará (UFC), Federal do Cariri (UFCA), Estadual do Ceará (Uece), Regional do Cariri (Urca) e da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

A medida é considerada um passo importante para o fortalecimento e a capilarização das políticas públicas de qualificação do ensino e aprendizagem da matemática no Ceará. Além disso, faz parte das ações de formação de docentes no âmbito do Programa Cientista-Chefe em Educação Básica, em parceria com a Seduc.

A secretária Eliana Estrela considera que a aproximação entre a escola e a universidade trará benefícios em diversos sentidos à educação cearense, que podem ser fatores geradores de transformação social. “Estamos investindo em pessoas. Ter um mestrado é importante não só para a formação pessoal, mas, principalmente para o fortalecimento da rede. Para que nossos jovens prossigam nos estudos, precisam estar entusiasmados e saber que têm potencial”, explica.

Leia Também:  Ambulatório do HRSC acompanha pacientes para reduzir recorrência de AVC após alta hospitalar

Sedes

As vagas serão distribuídas nos cursos localizados nos polos da UFC, UFCA, Unilab, Uece e Urca e coordenados pela Sociedade Brasileira de Matemática. O edital conjunto das universidades prevê a formação de turmas para todo o estado, com atividades nas cidades de Fortaleza, Juazeiro do Norte, Quixadá, Redenção e Sobral, de modo a cobrir as macrorregiões educacionais do Ceará.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará, Inácio Arruda, argumenta que a ação aumentará a qualidade do serviço ofertado ao público, e lembra que o desenvolvimento social e econômico passam, diretamente, pela formação do povo. “Esse investimento na educação, embora o retorno não apareça de imediato, terá um resultado fortíssimo no programa de desenvolvimento do estado”, enfatiza.

Aperfeiçoamento

A pós-graduação é voltada para o fortalecimento do conhecimento pedagógico da matemática e o desenvolvimento de competências e habilidades profissionais. Além disso, a formação compreende a aplicação direta dos materiais e métodos trabalhados no curso em sala de aula, envolvendo e beneficiando a aprendizagem dos alunos.

O cientista chefe da Seduc e professor do Departamento de Matemática da UFC, Jorge Lira, estima que o PROFMAT mudará o cenário da educação cearense. “Temos uma grande história pela frente. Essa pós-graduação não é simplesmente a certificação do professor, mas, a qualificação global e sistêmica do ensino de matemática. Que todo o conhecimento gerado por esse mestrado seja transposto para as escolas de ensino médio e fundamental”, destaca.

Leia Também:  Governo analisa incentivos para investimentos de R$ 4,7 bilhões

O evento de lançamento também contou com as presenças do presidente da Sociedade Brasileira de Matemática, Paolo Piccione; do coordenador-geral de Programas e Cursos em EaD da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Luiz Lira; da professora na Universidade Federal do Pará (UFPA) e vice-coordenadora do PROFMAT, Rúbia Gonçalves; e do professor de matemática da rede pública estadual cearense, Bernardo de Araújo. A coordenadora de Formação Docente e Educação a Distância da Seduc, Vagna Lima, foi a mediadora do diálogo.

Fonte: Governo CE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CEARÁ

Entidades cearenses já foram contempladas com mais de 700 toneladas de alimentos

Publicados

em


O Governo do Ceará, por meio do Programa Mais Nutrição, ultrapassa a marca de mais de 700 toneladas de alimentos doados para cerca de 27 mil cearenses. Por meio do repasse, 701.884 quilos de alimentos in natura, polpas de frutas e mix de legumes para preparos de alimentos a ação promove a segurança alimentar e nutricional de crianças e adolescentes e combate o desperdício de alimentos.

“O Mais Nutrição possibilita que milhares de pessoas possam se alimentar. Isso graças o envolvimento de todos os profissionais e parceiros da ação. Fico muito feliz de saber que o Governo do Ceará está contribuindo na refeição de muitas famílias que dependem dessa doação de frutas, verduras e legumes. O consumo desses alimentos, ricos em vitaminas e proteínas, é necessário para o desenvolvimento infantil e nós continuaremos ofertando aos cearenses”, informa a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, idealizadora do Programa Mais Infância Ceará e do Mais Nutrição.

Atualmente, a iniciativa beneficia cerca de 16 mil crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social de 91 entidades de Fortaleza, Caucaia e Maracanaú, além de já ter ofertado doações para 31 municípios do Estado com necessidades diversas: vítimas de enchentes, entidades artesanais, artistas circenses, instituições que atendem pessoas em situação de rua, crianças com câncer e fissura lábio-palatal e famílias atendidas pelo Mais Infância.

Leia Também:  Infectologistas reforçam importância de medidas de prevenção à Covid-19

Um rigoroso trabalho de prevenção e higienização é feito diariamente para garantir alimentação saudável aos beneficiados, com os profissionais do Mais Nutrição reforçando a atenção na manipulação dos alimentos. As entidades recebem as doações mediante marcação prévia, em horários diferentes, a fim de evitar aglomeração, além de serem orientadas a agendar o repasse para as famílias.

Projeto Alvorecer

O Projeto Alvorecer, em Maracanaú, na Grande Fortaleza, que desenvolve atividades com cerca de 350 crianças da comunidade, é um dos contemplados com a oferta de alimentos. Para o presidente da entidade, Wilton Adriano, o Programa tem sido fundamental na vida de muitas famílias. “Nós temos o prazer e a alegria de estarmos trabalhando há 14 anos com crianças, adolescentes e jovens. Nesse período da pandemia todo o trabalho foi focado na infância. O Mais Nutrição tem sido algo muito importante para atender as necessidades em um momento tão difícil. A fruta, a verdura, tem sido presente nas mesas de cada família”, salienta.

A dona de casa Diana Castro, moradora de Maracanaú, é uma das beneficiadas do projeto e agradece pela doação semanal de alimentos. “Nessa pandemia, o projeto tem nos ajudado muito com a distribuição de alimentos para as nossas casas. Meu esposo está desempregado e são essas doações que têm sustentado nossas refeições. Agradeço muito a todos os envolvidos nessa ação, que contribuem para que muitas mães possam dar o que comer aos filhos”, pontua.

Leia Também:  Governo do Estado promove audiências públicas para elaboração do Orçamento 2021

Parceria

A ação tem a parceria permanente da Associação dos Permissionários da Ceasa (Assucece) e do Grupo M. Dias Branco, além dos parceiros espontâneos da iniciativa privada. A ação é realizada pelo Governo do Ceará, por meio das secretarias de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) e do Desenvolvimento Agrário (SDA), além das Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE); da Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri) e do Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec) e também do apoio do Instituto Agropolos do Ceará.

Lei do Programa Mais Infância Ceará

Em janeiro de 2021, foi sancionada a lei que atualizou e consolidou a iniciativa como política pública de Estado. O novo documento, garante a continuidade do Mais Nutrição, entre outros, substituiu o que estava vigente, desde março de 2019, quando instituía o Programa como uma lei estadual, promovendo e desenvolvendo ações intersetoriais para promoção do desenvolvimento infantil.

Fonte: Governo CE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA