CEARÁ

Ceará lidera ranking nacional do Ideb 2019

Publicados

em


.

De acordo com o MEC, o estado lidera entre os anos finais (6º a 9º ano) no Brasil, é terceiro lugar nas séries iniciais (1º a 5º ano) e quarto no Ensino Médio

O Ceará consolidou sua posição como referência de educação pública de qualidade no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2019, divulgado nesta terça-feira (15) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação. A rede pública estadual cearense superou a meta proposta para 2019 e alcançou o melhor resultado do país nos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano). Nesta etapa da educação básica, o estado obteve 5,2 pontos, ultrapassando a projeção para 2019 (4,6).

O resultado do Ideb da rede pública cearense foi apresentado pelo governador Camilo Santana durante live nas redes sociais nesta terça-feira (15). O evento contou, ainda, com as participações da vice-governadora Izolda Cela e da secretária da Educação, Eliana Estrela. Ainda de acordo com o principal indicador que avalia a qualidade da educação básica, o Ceará apresenta a melhor evolução nos anos iniciais do Ensino Fundamental (do 1º ao 5º ano) quando comparado às demais unidades da federação. A rede pública alcançou a nota 6,3 em 2019, superando em 1,5 ponto a meta estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Ao longo dos últimos 14 anos, o Ceará segue avançando nesta etapa do Ensino Fundamental, conquistando a melhor evolução do Brasil no Ideb. Saiu de 2,8 em 2005 para 6,3 em 2019. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o ritmo de crescimento é quase duas vezes superior à média brasileira, que, no mesmo período, passou de 3,6 para 5,7.

O governador Camilo Santana ressalta o empenho dos profissionais da Educação para a consolidação dos avanços, de forma contínua, ao longo do tempo. “A cada ano temos melhorado os resultados, sendo referência para o Brasil e para instituições internacionais que avaliam as políticas públicas na área educacional. Isso significa que as nossas crianças e jovens terão um futuro melhor”, pontua.

Leia Também:  Programa viabiliza distribuição de sopas para crianças do Grande Mucuripe

Ainda com relação aos anos iniciais, o Ceará é o estado com a maior porcentagem de municípios que atingiram a meta projetada pelo MEC, com 98,9% do total. Ou seja, dos 184 municípios cearenses, 182 atingiram o objetivo estipulado.

Além disso, 131 municípios cearenses (71,2%) atingiram a média 6, valor que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável ao dos países desenvolvidos, conforme a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Dos 184 municípios cearenses, 154 obtiveram resultado acima do esperado nos anos finais do Ensino Fundamental, representando índice superior a 83,7% das redes públicas municipais.

De acordo com o Ideb, o Ceará obteve ainda os melhores resultados nas duas etapas do Ensino Fundamental entre os estados do Norte e do Nordeste.

No Ensino Médio, a rede pública estadual do Ceará saiu de 3,8, em 2017, para 4,4 em 2019. O resultado demonstra uma aproximação da meta estipulada, que era de 4,5, deixando o estado em 4º lugar nacional e em segundo do Nordeste após Pernambuco (4,5).

Continuidade

A vice-governadora Izolda Cela destaca o valor do trabalho desenvolvido desde as primeiras séries da educação básica para a superação constante. “É um crescimento notável, que mostra o vigor de um esforço. Mostra-se mais importante ainda porque faz frente às adversidades socioeconômicas que ainda enfrentamos. Esses municípios não aparecem em destaque do nada. Quando observamos a série histórica, vemos que eles já vêm ocupando os primeiros lugares, mostrando uma sustentabilidade da política educacional”, observa.

Leia Também:  Comitê Olímpico Brasileiro cancela etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude

A secretária Eliana Estrela salienta a questão da equidade nos resultados. “É uma satisfação muito grande, é o dever sendo cumprido. O Ceará é um estado pobre que vem acreditando muito na educação e investindo na escola de tempo integral e na educação profissional, criando oportunidades importantes para a juventude”, acrescenta.

Ranking dos 100 melhores resultados

De acordo com o Ideb, 21 municípios cearenses e 79 escolas estão entre os 100 melhores resultados do Ideb dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Nos anos finais, 21 municípios e 73 escolas estão no ranking dos 100 melhores resultados do país. Já no Ensino Médio, são 21 escolas da rede estadual entre as 100 melhores do Brasil no Ideb.

Os bons resultados obtidos no Ensino Fundamental são atribuídos ao regime de colaboração entre estado e municípios, que proporciona intervenções do 1º ao 9º ano, por meio do Programa Aprendizagem na Idade Certa (Mais Paic), desenvolvido pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc). Há o acompanhamento das redes municipais com suporte às secretarias municipais por meio de formações, auxílio técnico-pedagógico e disponibilização de materiais pedagógicos.

A partir deste trabalho e das ações colocadas em prática na rede pública estadual, a expectativa é de que os avanços identificados se estendam ao Ensino Médio. Programas como as Escolas de Ensino Médio Regular em Tempo Integral (EEMTIs), as Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP) e a Política de Desenvolvimento Socioemocional são exemplos de iniciativas que contribuem para a melhoria da qualidade da educação.

 

Fonte: Governo CE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CEARÁ

Coronel Márcio Oliveira é empossado novo comandante geral da PMCE

Publicados

em


.

Em cerimônia realizada no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), em Fortaleza, o governador Camilo Santana empossou o coronel PMCE Márcio Oliveira como novo comandante geral da instituição. O oficial, que é fundador do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), sucede o coronel PMCE Alexandre Ávila, que estava à frente da tropa desde janeiro de 2019. A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, e o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, compareceram ao ato realizado na tarde desta quinta-feira (17).

O anúncio do novo comandante ocorreu no dia 11 de setembro, um dia após o governador Camilo Santana empossar Sandro Caron como novo gestor da pasta da Segurança Pública. Visando respeitar todas as normas sanitárias previstas nos decretos estaduais de combate ao novo coronavírus (Covid-19), a troca de comando da PMCE ocorreu de forma restrita, com transmissão ao vivo pelas redes sociais da instituição e do governador.

“Queria cumprimentar o coronel comandante geral, Márcio Oliveira, que agora assume o seu posto. Eu tive a oportunidade de promovê-lo três vezes. Eu o promovi enquanto governador a tenente-coronel, depois a coronel e agora estou tendo a honra de promovê-lo a coronel comandante da Polícia Militar do Ceará. O coronel Márcio conquistou a minha admiração pelo seu exemplo que arrasta, que contagia as pessoas, e eu não tenho dúvida, Márcio, que você cumprirá uma grande missão. Uma missão desafiadora, mas que você cumprirá com êxito, que é comandar a gloriosa Polícia Militar do Ceará”, elogiou Camilo Santana, em sua fala.

O chefe do Executivo Estadual aproveitou para falar sobre a sua dedicação à sua dedicação a todas as questões pertinentes à Segurança Pública do Ceará. “Eu estou há pouco mais de cinco anos e oito meses à frente do Estado do Ceará, que com muita honra, tenho procurado cumprir com a minha missão dada pela maioria do povo cearense. E sempre olhando com olhar prioritário sobre a questão da Segurança Pública. Até porque um gestor precisa sempre estar antenado com os anseios e clamor sempre da sociedade e dos desafios para enfrentar a violência e garantir mais tranquilidade, não só no Ceará, mas em todo o País. E é o que eu tenho procurado fazer ao longo de todos esses anos, tanto no meu primeiro quanto no segundo mandato”, pontuou.

Leia Também:  Detran|ES e Hemoes abrem Semana Nacional de Trânsito com ação para doação de sangue

O secretário da SSPDS, Sandro Caron, falou sobre o papel exercido até aqui pelo coronel Márcio Oliveira e que foi determinante para escolhê-lo ao novo cargo. “Eu gostaria de iniciar parabenizando o coronel Alexandre por toda a dedicação, todo o empenho e pelos bons resultados que obteve enquanto comandante da Polícia Militar do Ceará. Sempre dizemos que a palavra convence, mas o exemplo arrasta. O coronel Márcio foi convidado para o cargo de comandante geral da Polícia Militar do Ceará pelo exemplo que deu de dedicação e amor à Polícia Militar, pelo exemplo que sempre deu de dedicação à sociedade cearense e pelo exemplo que sempre deu de valorização dos nossos policiais militares”, ressaltou Caron.

Novo comandante da PM do Ceará

Bacharel em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul e em Segurança Pública pela Academia General Facó, o coronel Márcio Oliveira está na Polícia Militar do Ceará desde 1992 e ascendeu ao posto de coronel em janeiro de 2018. O oficial é fundador do CPRaio, o maior comando especializado de motopatrulhamento do Brasil, e já atuou em unidades do Policiamento Ostensivo Geral (POG), como o 5º Batalhão, e no Comando de Policiamento de Choque (CPChoque). O novo comandante geral tem especializações em Políticas Públicas e Perícia Criminal.

“Esse momento tão marcante de minha trajetória profissional, agradeço a Deus pelo dom da vida e por ter guiado meus passos ao longo desses mais de 28 anos de dedicação ao serviço policial militar. Ao senhor governador, Camilo Santana, pela confiança em mim depositada, e por tudo o que tem em prol da Segurança Pública do nosso Estado desde 2015, especialmente pela Polícia Militar do Ceará. Ao senhor secretário, Sandro Caron, por me confiar a missão que agora assumo solenemente, imbuído do firme propósito de fazer tudo aquilo que estiver ao meu alcance para corresponder a suas expectativas. Esteja certo, senhor secretário, que o exercício do cargo de comandante geral da Polícia Militar do Ceará é um desafio complexo que enfrentarei com tenacidade, lealdade, zelo, compromisso, e acima de tudo, amor à causa policial militar, visando ao fiel cumprimento das atribuições constitucionais de nossa valorosa corporação”, disse.

Leia Também:  Sefaz disponibiliza boletim mensal de arrecadação de tributos de julho

Em sua fala, coronel Alexandre Ávila agradeceu aos seus subcomandantes e aos chefes de todos os comandados e batalhões que integram a Polícia Militar do Ceará, além dos avanços alcançados pela corporação durante a sua gestão.

“Nada seria concretizado sem o apoio irrestrito do senhor governador do Estado, Camilo Sobreira de Santana, e do então secretário André Costa, que sempre com visões inovadoras e grande empreendedorismo, deram aval e autonomia de gestão necessária imprescindíveis ao crescimento de nossa instituição. Tenho a sensação de dever cumprido e que ofereci à sociedade cearense o meu melhor. Agradeço ainda a minha família que sempre entendeu com resiliência a minha ausência e meu sacrifício diário em prol da proteção das pessoas, a todos os policiais militares, homens e mulheres que todos os dias saem às ruas para proteger as pessoas. Me despeço com sentimento de gratidão. Aproveito para desejar boa sorte ao coronel Francisco Márcio de Oliveira, oficial preparado e ao lado de quem enfrentei grandes combates. Que tenha sabedoria para conduzir sua mais nobre e última missão na corporação”, destacou.

Fonte: Governo CE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA