CARROS E MOTOS

Volkswagen confirma produção de perua 100% elétrica

Publicados

em


source
Space Vizzion
Divulgação

Informação foi confirmada pelo CEO da Volkswagen em rede social

A Volkswagen tem um objetivo claro para a década: superar a Tesla no segmento dos carros elétricos. As primeiras investidas já começaram com o lançamento dos novos ID.3 e ID.4 , mas a marca planeja ir além. Segundo Ralf Brandstätter, CEO da fabricante, está confirmada a produção de uma perua 100% elétrica para o mercado global.

O anúncio de Brandstätter, feito no seu perfil do Linkedin, não dá muitas pistas sobre o modelo. É certo que ele será feito sobre a plataforma MEB do Grupo Volkswagen, exclusiva para veículos elétricos, e terá design inspirado no conceito ID. Space Vizzion mostrado no Salão de Los Angeles (EUA) no ano passado.

O modelo terá coeficiente de arrasto aerodinâmico baixo e aproximadamente 700 km de autonomia. Como os modelos da nova família elétrica são lançados com poucas alterações na comparação com os conceitos, espera-se que a nova perua elétrica siga a linguagem visual do Space Vizzion à risca. 

Leia Também:  Segunda via da CNH pode ser pedida pela internet sem sair de casa

O conceito mostrado em Los Angeles foi apresentado como um veículo para quatro ocupantes. Sua versão de produção, entretanto, deverá ter espaço para cinco. Detalhes sobre baterias continuam escassos, mas podemos esperar um conjunto de 82 kWh que tenha capacidade para entregar 275 cv de potência.

No Brasil

VW ID.4
Divulgação

VW ID.4, primeiro SUV elétrico da fabricante alemã

A Volkswagen nunca escondeu o interesse de eletrificar sua linha de produtos no Brasil. O VW Golf GTE híbrido foi o primeiro modelo na categoria, mas a fabricante alemã pretende ampliar as possibilidades nos próximos anos. A principal alternativa deverá ser o SUV ID.4 .

O utilitário esportivo tem bateria capaz de armazenar até 77 kWh de energia, proporcionando autonomia máxima de 520 km. O motor elétrico posicionado no eixo traseiro gera força equivalente a 204 cv de potência. Dessa forma, o ID.4 poderá acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos, com velocidade máxima de 160 km/h. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Citroën C5 Aircross: conheça o SUV que deverá enfrentar o Compass em 2021

Publicados

em


source
Citroën C5 Aircross%3A O aventureiro mais refinado da PSA
Divulgação

Pandemia do novo coronavírus atrasou os planos de importar o Citroën C5 Aircross da França

Todas as fabricantes estão reforçando seus repertórios de SUVs médios no Brasil, graças ao sucesso absoluto do Jeep Compass . Ainda em 2021, teremos o lançamento de dois modelos que prometem chacoalhar a categoria: Toyota Corolla Cross e VW Taos . Mas outro SUV que está confirmado há mais tempo também poderá dar as caras. Estamos falando do Citroën C5 Aircross .

O irmão mais caro do C4 Cactus já deveria ter estreado no Brasil em 2020, como parte do cronograma da Citroën de ter um lançamento por ano até 2023. Com a alta do euro, hoje avaliado em R$ 6,43, e a pandemia causada pelo novo coronavírus, os planos foram prejudicados.

Ao menos na Argentina, a Citroën não esperou o fim da pandemia ou melhores condições de mercado para lançar o C5 Aircross . Ele chegou às concessionárias em julho, apenas na versão top de linha, pelo equivalente a R$ 250 mil. Por aqui, seu preço deverá ficar na mesma faixa do irmão Peugeot 3008, partindo de R$ 175 mil no modelo básico, chegando a R$ 210 mil na versão mais completa, em meados de 2021.

Leia Também:  CEB faz melhoria na rede elétrica de Planaltina, Gama e Riacho Fundo II

Motorização

O novo SUV médio do Grupo PSA no Brasil não promete nada de novo no que diz respeito à mecânica no Brasil. O C5 Aircross terá exatamente o mesmo conjunto do Peugeot 3008 , contando com motor 1.6 turbo, de 165 cv de e 24,5 kgfm de torque a 1.400 rpm, sempre com câmbio automático de seis marchas.

O mesmo conjunto também equipa os modelos C4 Cactus e C4 Lounge , além do Peugeot 2008 ; mas estes estão adaptados para rodar no etanol, onde a potência máxima pode chegar a 173 cv.

O conjunto mecânico dos modelos importados para a América Latina já está ultrapassado na Europa, onde o C5 Aircross conta com dois motores a gasolina, de 130 cv e 180 cv, e dois diesel, na mesma faixa de potência. Há ainda uma versão híbrida que desenvolve a potência combinada de 225 cv, podendo rodar 50 km apenas no modo 100% elétrico.

Proporções

O Citroën C5 Aircross tem 4,50 metros de comprimento, 1,96 m de largura, 1,68 m de altura e 2,73 m de entre-eixos. Ele supera o Toyota Corolla Cross em todas as suas proporções, e ainda conta com bancos traseiros corrediços, que fazem o tamanho do porta-malas chegar em até 720 litros de capacidade. 

Leia Também:  Fiat confirma dois novos SUVs e câmbio automático CVT

Equipamentos

Citroën C5 Aircross
Divulgação

O painel do Citroën C5 Aircross tem revestimentos macios e materiais de boa qualidade; confira a possível lista de equipamentos

A Citroën ainda não confirmou quais pacotes do C5 Aircross serão vendidos no Brasil, mas o modelo deverá contar com praticamente todos os atributos do Peugeot 3008. Logo, o modelo de entrada, provavelmente, terá seis airbags (frontais, laterais e cortina), controle de estabilidade, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e assistente de partida em rampa.

Ar-condicionado de duas zonas, chave presencial e freio de estacionamento eletrônico também são aguardados na versão básica do Citroën C5 Aircross . O cluster será 100% digital, com computador de bordo com todas as funções básicas que poderá ser controlado pelo volante multifuncional. A central multimídia irá replicar as informações do ar-condicionado, tendo pareamento com Apple CarPlay e Android Auto.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA