CARROS E MOTOS

PSA inicia produção em série do novo Peugeot 208 na Argentina

Publicados

em


source
Novo Peugeot 208
Divulgação

Peugeot 208 da nova geração já está pronto para começar a chegar às lojas. No Brasil, estreia em setembro próximo

A Peugeot inicia oficialmente a produção em série da nova geração do novo 208 na fábrica de El Palomar (Argentina). Primeiro carro da marca a contar com a plataforma modular CMP na América Latina, o modelo será fabricado para o mercado local e também para atender ao Brasil, onde será lançado em setembro.

O que já se sabe é que o novo Peugeot 208 argentino irá trocar o motor 1.2 de três cilindros do 208 da Europa pelo propulsor 1.6 EC5, o mesmo utilizado no hatch compacto 208 de primeira geração, feito na fábrica de Porto Real (RJ). Por sua vez, a Peugeot já confirmou a oferta de uma versão elétrica (importada da França) e a presença nesse novo 208 “Mercosul” de tecnologias presentes no europeu, como o painel digital configurável “i-cockpit 3D” e pacote tecnológico de assistentes de direção.

De acordo com o fabricante, 600 funcionários da empresa na América Latina e da Europa trabalharam conjuntamente nos últimos anos, com mais de 8 mil horas de formação para as equipes de produção e cerca de 620 mil horas de trabalho para o desenvolvimento do projeto. Além disso, o Peugeot 208 rodou 1,5 milhão de quilômetros em vários países do mundo, como Argentina, Brasil, Alemanha, Áustria, Espanha, França e Suécia.

Leia Também:  Ar-condicionado da Hyundai monitora qualidade do ar em tempo real
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Artista transforma a inédita BMW R18 em um dragster envenenado

Publicados

em


source
BMW R18
Divulgação

BMW R18 Dragster é uma releitura ainda mais esportiva da cruiser alemã inédita

O renomado designer americano de motocicletas Roland Sands transforma a recém lançada BMW R18, a primeira moto cruiser da marca, em uma dragster envenenda fora-de-série. Construída a partir do motor Big Boxer de 2 cilindros, Sands busca inspiração nos muscle cars para seu trabalho, uma vez que a alemã conta com atributos presentes nesse segmento. Tem rebeldia, “músculos”, potência e esportividade.

“Com um motor que é tão visivelmente a peça central, pensei imediatamente nos muscle cars . Minha família sempre gostou de andar rápido e meu pai era um piloto de corrida, então achei que fazia sentido despir a moto até o essencial e moldar a BMW R18 para andar rapidamente em uma pista reta.”

Leia Também:  Produção brasileira de petróleo cresceu 7,8% em 2019

Apresentada em abril, A BMW R18 foi a primeira a primeira motocicleta cruiser da marca. Com o lançamento, a BMW Motorrad, a divisão de motocicletas da fabricante, finalmente fez sua imersão em searas dominadas por Harley-Davidson, Indian e Triumph, com seus modelos clássicos e distintos ante outros segmentos de motocicletas.

Se não foi fácil para a BMW inovar da noite pro dia, para Sands, também não foi mudar o novo. O artista afirma que sempre começa esboçando suas idéias no papel. Isso permite que ele descubra o princípio das modificações, bem como qual será a postura e a geometria da moto. “No final, a verdadeira mágica acontece quando damos vida ao desenho”, explica.

E nisso a BMW R18 ajudou Sands. A dragster é equipada com um quadro traseiro facilmente removível e um conjunto de peças que também podem ser desmontadas sem grandes dificuldades. “A parte eletrônica, por outro lado, foi definitivamente a tarefa mais difícil com a qual lidamos, quando colocamos óxido nitroso, removemos o escape original e alteramos drasticamente a admissão”, conclui.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

GOIÁS

SEGURANÇA

BRASIL E MUNDO

MAIS LIDAS DA SEMANA