BRASIL

Operação Carnaval fiscaliza rodovias em todo o país

Publicados

em


Tem início nesta sexta-feira (12) até a quarta-feira de Cinzas (17), a Operação Carnaval 2021 da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O objetivo é sensibilizar cada um dos atores do trânsito a respeito das obrigações e dos cuidados necessários para proteger a vida. A iniciativa faz parte da Operação Rodovida 2020/2021, que teve início em 17 de dezembro e vai até o dia 21 de fevereiro.

Segundo explicou a chefe da comunicação social da PRF no Distrito Federal, Pamela Vieira, o objetivo é manter a segurança pública e a mobilidade em todas as rodovias federais do país. “Nós concentraremos os policiais nos pontos com maior índice de acidentalidade e eles estarão ali para combater as principais causas de acidentes graves, que são ingestão de bebida alcoólica, ultrapassagens indevidas e falta de atenção.”

Ainda de acordo com a PRF, as orientações gerais continuam sendo importantes para todos os condutores. “Apesar de ser ponto facultativo, muitas pessoas irão viajar e a gente sempre faz aquelas orientações básicas antes da viagem: o proprietário do veículo tem que fazer a manutenção básica observando principalmente os componentes de segurança como os pneus e os sistemas de freio e iluminação e sinalização. A viagem precisa ser planejada para que o condutor tenha um descanso a cada quatro horas. Ele tem que estar em condições físicas e psicológicas para conduzir o veículo”, explicou Pamela Vieira.

Leia Também:  Operação da PM coloca mais de 2,6 mil policiais para garantir segurança nas eleições

Responsáveis por cerca de um terço das mortes em acidentes de trânsito, as ultrapassagens são momentos decisivos para garantir a segurança de todos. “A gente pede para que os condutores tenham um cuidado especial em relação às ultrapassagens. A ultrapassagem só pode ocorrer onde a sinalização permite e quando houver tempo e distância suficientes para completar a manobra sem se colocar em risco e sem colocar outras pessoas em risco”, alertou a policial.

Restrições

Para melhorar o trânsito, foi editada uma portaria que define os tipos de veículos que sofrerão restrição de tráfego durante feriados nacionais e regionais no ano de 2021.

Nesses dias estarão proibidos o trânsito de Combinações de Veículos de Cargas (CVC), portando Autorização Especial de Trânsito (AET); e de Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), portando ou não a AET; bem como o trânsito dos demais veículos portadores de AET.

A restrição abrangerá apenas os trechos rodoviários de pista simples. No Acre, Amazonas e Roraima não haverá restrição de circulação. No estado do Rio Grande do Sul não haverá restrição de circulação no período de carnaval.

Leia Também:  São Paulo registra mais de 12,5 mil mortes por covid-19

No período de carnaval, os dias e horários de restrição serão:

12/02/2021 (sexta-feira) – 16:00 às 22:00
13/02/2021 (sábado) – 06:00 às 12:00
16/02/2021 (terça-feira) – 16:00 às 22:00
17/02/2021 (quarta-feira) – 06:00 às 12:00

O descumprimento constitui infração de trânsito e o motorista só poderá voltar a circular após o término do horário da restrição.

Fonte: Brasil.gov

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL

Assinado contrato para a compra de 20 milhões de doses de vacina contra a Covid-19

Publicados

em


O Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, assinou, nessa quinta-feira (25), contrato para a compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin junto a Precisa Medicamentos/ Bharat Biotech. O investimento total foi de R$ 1,614 bilhão na compra da vacina produzida na Índia.

As primeiras oito milhões de doses do imunizante devem começar a chegar já no mês de março, em dois lotes de quatro milhões a serem entregues entre 20 e 30 dias após a assinatura do contrato. A aquisição permitirá ampliar ainda mais a estratégia de vacinação dos brasileiros contra a Covid-19.

Em abril, são esperadas outras oito milhões de doses de imunizantes importados da Índia, no prazo de 45 e 60 dias após oficialização da compra. Em maio, é esperado o último lote de doses, com quatro milhões de unidades.

Com o intuito de agilizar o processo de compra de novas doses, o Ministério da Saúde publicou portarias dispensando uso de licitação para a compra dos imunizantes.

Com informações do Ministério da Saúde

Fonte: Brasil.gov

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo do Ceará anuncia decreto especial para o período de Carnaval
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA