Bahia

Primeiro dia do Terra Madre Brasil tem ingredientes da caatinga baiana em destaque

Publicados

em


A abertura oficial do Terra Madre Brasil será nesta terça-feira (17), às 14h. O evento online inclui mais de 50 atividades, entre rodas de conversa, diálogos, oficinas do gosto e espaços educativos dedicados à cultura alimentar e será transmitido pelo Youtube do Slow Food Brasil.

O primeiro dia de evento será marcado por uma aula de cozinha e um bate-papo, que vai promover reflexões sobre conservação do bioma e terá como foco as riquezas da Caatinga baiana, como umbu, maracujá da Caatinga, farinha de mandioca, queijo meia-cura e a manta de bode.

Os ingredientes estarão presentes na Oficina do Gosto do Bioma Caatinga, marcada para as 17h30, com a presença da presidente da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), Denise Cardoso, e da cozinheira Bruna Moreira, especialista em charcutaria nordestina, que comanda a atividade culinária com o preparo da manta de bode acompanhada de pirão de leite cremoso e vinagrete de milho verde. Após o preparo da receita, elas participam de uma roda de conversa.

Leia Também:  Motoristas ainda podem pagar IPVA com 5% de desconto

Segundo Bruna, o Nordeste, e principalmente as regiões do semiárido, sofrem um preconceito muito grande. “A fome, a miséria e a seca sempre foram os assuntos mais pautados. Nesse sentido, penso que estamos caminhando para uma mudança. Quando podemos levar nosso bioma em eventos como o Terra Madre, outros profissionais podem conhecer um pouco de nossa riqueza”, ressalta a cozinheira nordestina.

O pesquisador e ativista do Slow Food Brasil, Marcelo Terça-Nada, fará a mediação do evento. “Tive a sorte de viajar bastante pela Caatinga, conhecer de perto as comunidades de produtores e a variedade de paisagens que esse bioma surpreendente guarda. Talvez a maior lição foi ver que, ao contrário da imagem clichê que se difunde do sertão, a Caatinga é cheia de vida, riquezas e força. Ter contato com as pessoas que vivem ali e com tudo o que elas constroem e produzem nesse bioma é transformador. A Caatinga e seu povo são uma aula de resistência”, destaca.

A participação no evento é totalmente gratuita. Para fazer a pré-inscrição e participar dessa e de outras oficinas, o interessado deve acessar o site do Terra Madre e receberá receba por e-mail, com antecedência, a lista de ingredientes que serão utilizados por diversos cozinheiros e mixologistas em novos preparos e receitas próprias da cultura alimentar brasileira.

Leia Também:  Bahia vacina mais de 358 mil baianos contra Covid-19

Fonte: Ascom/SDR

Fonte: Governo BA

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Bahia

Obras de Botelho e de Itaparica estão em fase de conclusão

Publicados

em


O andamento das obras do terminal náutico de Botelho, na Ilha de Maré, e da Marina de Itaparica foi inspecionado pelo secretário do Turismo do Estado, Fausto Franco, nesta quinta-feira (25), durante visita técnica, com equipes da Setur e da empresa Belov Engenharia, responsável pelas intervenções.

Em Botelho, com investimentos em torno de R$ 3 milhões, estão sendo realizadas obras de urbanização, pavimentação e requalificação do atracadouro. As intervenções, que já estão 75% concluídas, fazem parte do escopo de obras do Prodetur Nacional Bahia, executadas por meio da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), com financiamento do Banco Interamericano, que ainda contempla mais 12 projetos no entorno da Baía de Todos-os-Santos.

Fausto Franco também foi à Marina de Itaparica e visitou o equipamento, que recebe investimentos em torno de R$ 11 milhões. O projeto contempla 36 vagas secas, 126 vagas molhadas e um posto de combustível, além de lojas e espaço para vendas de alimentos e bebidas.

Durante a visita, o titular da Setur também declarou que as obras resultarão em um turismo náutico qualificado, “sobretudo porque, além das intervenções na infraestrutura, o Prodetur tem um programa social muito importante, que qualifica os empreendedores e trabalhadores do turismo do entorno da Baía de Todos-os-Santos”.

Leia Também:  Bahia vacina mais de 358 mil baianos contra Covid-19

Franco acrescenta ainda que cerca de 90% da mão de obra é contratada nos municípios onde estão sendo realizadas as intervenções, a exemplo de Itaparica. O prefeito Zezinho, que acompanhou a visita de Franco, ressaltou a importância das obras para o município, “pois Itaparica já tem uma vocação natural para o esporte náutico, e este equipamento vai resultar em geração de emprego e renda para nós. Vamos ter um circuito náutico Itaparica/Salinas/Cacha Pregos, em todo este entorno da contracosta, sem falar nos veleiros que vão atracar aqui. Ou seja, a marina vai dar um novo dinamismo à economia do município”.

Fonte: Ascom/Setur

Fonte: Governo BA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA