Amazonas

Polícia Civil do Amazonas prende homem em flagrante por furtos de cabos telefônicos no bairro Jorge Teixeira

Publicados

em


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), prendeu em flagrante, na madrugada desta quarta-feira (13/01), por volta das 4h30, Antônio Max Souza Gomes, 23, pelo crime de furto qualificado. A prisão ocorreu em via pública, na rua A esquina com a rua B, Comunidade Santa Inês, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

 De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da Especializada, cabos telefônicos vinham sendo furtados de postes em via pública naquela comunidade e adjacências. Com isso, diversas ocorrências foram registradas juntamente a empresa prestadora do serviço de telefonia, que instalou um sistema de alarme eletrônico nos cabos, acionados quando estes estivessem sendo furtados.

 ”Nesta madrugada, a Derfd foi acionada pela empresa telefônica para averiguar o possível furto que estaria ocorrendo nos cabos, após o alarme ser disparado. Uma equipe de investigação se deslocou até o local e encontrou Antônio em cima de um poste telefônico, finalizando o corte dos cabos”, destacou a autoridade.

Leia Também:  Refis concede descontos de até 95% no pagamento de débitos fiscais de contribuintes

Conforme Goes, com o homem foram encontrados aproximadamente 9 metros de cabos telefônicos e uma faca serrilhada. Com o dinheiro que seria conseguido com a venda dos itens, ele iria comprar drogas. Após constatarem o crime, a equipe policial deu a voz de prisão em flagrante ao indivíduo.

 Procedimentos – Antônio foi preso em flagrante pelo crime de furto qualificado. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, ele será encaminhado a Central de Recebimento e Triagem (CRT) onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Governo AM

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Amazonas

Polícia Militar detém grupo armado ligado a facções criminosas no bairro Jorge Teixeira

Publicados

em


A Polícia Militar, por meio das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), deteve, na manhã de quarta-feira (20/01), um grupo armado formado por seis homens, sendo um de 18, quatro de 21 e um de 26 anos, todos ligados a facções criminosas que atuam no bairro Jorge Teixeira, na zona leste da capital.

Conforme as informações repassadas pelas equipes em serviço, por volta de 10h, várias denúncias foram repassadas via WhatsApp Rocam (99280-7574) dando conta de que vários elementos estariam aterrorizando e efetuando disparos de arma de fogo, levando medo e tensão a moradores de uma comunidade de invasão localizada no Jorge Teixeira. A denúncia detalhou ainda que um deles teria participação em vários homicídios ocorridos na capital.

Os militares das viaturas 8691 e 8151, juntamente com as outras equipes de serviço, dirigiram-se ao local. No momento em que avistaram as viaturas, vários indivíduos fugiram para dentro de uma casa na comunidade. O efetivo policial realizou cerco e localizou todos os envolvidos, que foram abordados e revistados. Após busca pessoal e revista no local, foram encontradas com o grupo várias armas de fogo e porções de substâncias possivelmente entorpecentes.

Leia Também:  PMDF prende homem com mandado de prisão em aberto na Ceilândia

Entre os materiais apreendidos estavam seis armas de fogo, sendo uma pistola calibre .380, marca Taurus, PT 138, n° KUA15464; uma pistola calibre .380, marca Taurus, PT 938, n° 10832; un revólver calibre .38, marca Taurus, de numeração suprimida; um revólver calibre .38, marca Rossi, n° 906290; un revólver calibre .38, marca Taurus, de numeração suprimida; e um revólver calibre .38, marca Taurus, de numeração suprimida.

Também foram apreendidas 23 munições calibre .38 intactas; 13 munições calibre .380 intactas; e oito munições calibre .40 intactas; além de oito porções de substância possivelmente oxi; nove porções de substância possivelmente maconha tipo skunk; e duas porções de substância com aspecto de cocaína.

Em face do flagrante, todo o grupo detido e, juntamente com o material apreendido, conduzido para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), para a conclusão dos procedimentos legais apropriados.

Fonte: Governo AM

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA