Amapá

Kit Merenda em Casa: 7ª etapa inicia na segunda, 23 de novembro

Publicados

em


O Governo do Amapá inicia nesta segunda-feira, 23, a 7ª etapa do Programa Kit Merenda em Casa. A entrega é feita de acordo com o cronograma de cada escola, disponível no site da Secretaria de Educação (Seed). Veja aqui.

O Governo do Estado do Amapá investiu R$ 7,2 milhões na aquisição dos alimentos que compõe os kits de alimentação para atender a 7ª etapa de distribuição do Kit Merenda em Casa. São 979 toneladas de alimentos que compõe os 120 mil kits de alimentos que serão entregues a todos os estudantes da rede estadual de ensino do Amapá em novembro.

 

Orientações para retirada do kit

Apenas uma pessoa deverá buscar o kit

Verificar o horário e data estabelecida para cada turma da escola do estudante

Apresentar documento de identificação com foto do aluno e responsável

O uso da máscara é obrigatório

Manter e respeitar o distanciamento de 1,5 metros entre as pessoas

 

Kit Merenda em Casa

A lista de itens do benefício foi elaborada pelo Núcleo de Alimentação Escolar da Seed, sob orientação do Conselho de Alimentação Escolar. Cada kit será composto por:

Leia Também:  Governo inaugura obras de recapeamento de ruas em São Roque do Canaã nesta segunda (15)

Açúcar (1 kg)

Arroz (2 kg)

Feijão (1kg)

Óleo (900 ml)

Macarrão (500 g)

Sardinha (4 latas)

Leite em pó integral (400 g)

Biscoito doce (400 g)

Biscoito Salgado (400 g)

Farinha de Tapioca (500 g)

Flocos de milho (1 pacote)

 

Não busquei o kit, e agora?

Os gestores vão entrar em contato com os pais ou responsáveis de alunos que não foram buscar os kits merenda dos filhos e agendar uma data para fazer a retirada dos alimentos.

 

Kit Merenda em Casa em números

As 7 etapas de distribuição do Kit Merenda em Casa totalizam 6.853 toneladas de alimentos entregues aos 120 mil estudantes da rede estadual. Esses alimentos compuseram 840 mil kits.

O total de investimento do programa de assistência alimentar estudantil é de R$ 47 milhões, provenientes do Tesouro Estadual.

Fonte: Governo AP

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Amapá

Estudante amapaense apresenta projeto sobre evasão escolar em sessão on-line do Parlamento Jovem Brasileiro

Publicados

em


A estudante do 3º ano da Escola Estadual Profª Esther Virgolino, Juliane Pimentel, de 18 anos, apresentará o seu projeto de lei sobre evasão escolar em sessão on-line do programa Parlamento Jovem Brasileiro 2020. A sessão está marcada para o próximo dia 27, às 17h, no perfil do programa na rede social Instagram. Segue o link: https://www.instagram.com/parlamentojovembrasileiro/.

Em setembro, na final da etapa estadual, Juliane conseguiu a única vaga que o Amapá possui para estar entre os jovens que estão tendo a experiencia vivida por deputados federais. O projeto da amapaense também será trabalhado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) em toda a rede de ensino.

De acordo com a própria estudante, levantar o debate sobre a evasão escolar é combater essa realidade vivida dentro das escolas, além de lutar para que a educação seja oportunizada a todos.

“A evasão escolar é um problema seríssimo na educação. Eu presenciei isso várias vezes nas escolas por onde passei, e decidi trabalhar meu projeto em cima disso. Tenho muita fé na capacidade da educação em mudar a realidade das pessoas. Os estudos são minha maior esperança para um futuro promissor e eu desejo que todos tenham o mesmo acesso de forma mais facilitada”, comentou Juliane.

Leia Também:  Estado inicia os 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência contra a Mulher

Segundo Juliane, utilizar a oportunidade que o programa PJB oferece significa dar voz aos estudantes para que relatem a realidade do ambiente escolar e apresentem soluções concretas.

“Eu espero mostrar como é importante que nós jovens usemos a nossa voz porque somos nós que vivenciamos de perto realidades como essa que pautei no meu projeto. É necessário termos um histórico ativo de atividades para iniciar uma ação, um projeto, para que, a partir do momento que iniciarmos algo, nos tornarmos protagonistas e fazer a diferença”, completou.

Fonte: Governo AP

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA