Amapá

Boletim Informativo COVID-19: Amapá, 19 de novembro de 2020

Publicados

em


O Governo do Amapá atualiza nesta quinta-feira, 19, o boletim informativo sobre a situação do novo coronavírus no estado. Agora, são 55.885 casos confirmados e 1.809 em análise laboratorial. Os testes também descartaram 39.948 casos suspeitos.

Novos casos

O boletim de agora traz 233 novos casos confirmados, sendo 132 em Macapá, 62 em Santana, 7 em Amapá, 7 em Oiapoque, 7 em Pedra Branca do Amapari, 6 em Calçoene, 4 em Laranjal do Jari, 4 em Vitória do Jari, 3 em Ferreira Gomes e 1 em Porto Grande.

Óbitos

Também há o registro de dois novos óbitos no município de Macapá. As vítimas são dois homens, ambos com 75 anos de idade, um deles hipertenso e diabético, falecido em 11 de maio; e outro sem comorbidades declaradas, com óbito ocorrido em 15 de novembro.

Assim, o Amapá chega a 785 mortes em 15 municípios. (Macapá 554/ Santana 89/ Laranjal do Jari 46/ Mazagão 8/ Oiapoque 26/ Pedra Branca do Amapari 5/ Porto Grande 16/ Serra do Navio 4/ Vitória do Jari 13/ Tartarugalzinho 4/ Amapá 4/ Ferreira Gomes 3/ Cutias do Araguari 2/ Calçoene 5/ Pracuúba 6).

Leia Também:  Núcleo multidisciplinar dá suporte a pacientes com Covid-19

Recuperados

Entre os recuperados, estão 45.963 pessoas. (Macapá 18.713/ Santana 5.791/ Laranjal do Jari 4.807/ Mazagão 1.404/ Oiapoque 2.920/ Pedra Branca 2.804/ Porto Grande 1.174/ Serra do Navio 689/ Vitória do Jari 2.586/ Itaubal 289/ Tartarugalzinho 1.361/ Amapá 688/ Ferreira Gomes 605/ Cutias do Araguari 612/ Calçoene 1.175/ Pracuúba 345).

Dos 55.885 casos confirmados:

  • Macapá: 21.969
  • Santana: 11.147
  • Laranjal do Jari: 4.947
  • Mazagão: 1.624
  • Oiapoque: 3.016
  • Pedra Branca: 2.833
  • Porto Grande: 1.283
  • Serra do Navio: 703
  • Vitória do Jari: 2.978
  • Itaubal: 321
  • Tartarugalzinho: 1.428
  • Amapá: 816
  • Ferreira Gomes: 613
  • Cutias do Araguari: 620
  • Calçoene: 1.236
  • Pracuúba: 351

Já em relação aos casos suspeitos, os municípios declaram 5.214, sendo:

  • Macapá: 3.770
  • Santana: 901
  • Laranjal do Jari: 0
  • Mazagão: 56
  • Oiapoque: 37
  • Pedra Branca do Amapari: 2
  • Porto Grande: 152
  • Serra do Navio: 25
  • Vitória do Jari: 0
  • Itaubal: 8
  • Tartarugalzinho: 178
  • Amapá: 1
  • Ferreira Gomes: 5
  • Cutias do Araguari: 3
  • Calçoene: 71
  • Pracuúba: 5

Internações

O número de pessoas com Covid-19 em isolamento hospitalar nas redes pública e privada é de 248 pacientes, sendo 150 casos confirmados e 98 suspeitos.

Entre os casos confirmados, 127 estão no sistema público (47 em leito de UTI /80 em leito clínico) e 23 estão na rede particular (22 em leito de UTI /1 em leito clínico).

Leia Também:  Procon autua companhia aérea por aumento abusivo do preço de passagens

Já entre os casos suspeitos, 7 estão no sistema público (0 em leito de UTI /7 em leito clínico), e 91 estão na rede particular (2 em leito de UTI /89 em leito clínico).

Com isso, o percentual de ocupação dos leitos voltados para o atendimento da covid-19 no Amapá é de 73,81%.

Em isolamento familiar: 8.987

Todos estes dados são do Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL/AP) e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), que auxiliam o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) – dispositivo criado pelo Governo do Amapá para gerenciar a crise de COVID-19 no estado.

Fonte: Governo AP

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Amapá

Estudante amapaense apresenta projeto sobre evasão escolar em sessão on-line do Parlamento Jovem Brasileiro

Publicados

em


A estudante do 3º ano da Escola Estadual Profª Esther Virgolino, Juliane Pimentel, de 18 anos, apresentará o seu projeto de lei sobre evasão escolar em sessão on-line do programa Parlamento Jovem Brasileiro 2020. A sessão está marcada para o próximo dia 27, às 17h, no perfil do programa na rede social Instagram. Segue o link: https://www.instagram.com/parlamentojovembrasileiro/.

Em setembro, na final da etapa estadual, Juliane conseguiu a única vaga que o Amapá possui para estar entre os jovens que estão tendo a experiencia vivida por deputados federais. O projeto da amapaense também será trabalhado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) em toda a rede de ensino.

De acordo com a própria estudante, levantar o debate sobre a evasão escolar é combater essa realidade vivida dentro das escolas, além de lutar para que a educação seja oportunizada a todos.

“A evasão escolar é um problema seríssimo na educação. Eu presenciei isso várias vezes nas escolas por onde passei, e decidi trabalhar meu projeto em cima disso. Tenho muita fé na capacidade da educação em mudar a realidade das pessoas. Os estudos são minha maior esperança para um futuro promissor e eu desejo que todos tenham o mesmo acesso de forma mais facilitada”, comentou Juliane.

Leia Também:  Lacen recebe reforço para testagem da Covid-19

Segundo Juliane, utilizar a oportunidade que o programa PJB oferece significa dar voz aos estudantes para que relatem a realidade do ambiente escolar e apresentem soluções concretas.

“Eu espero mostrar como é importante que nós jovens usemos a nossa voz porque somos nós que vivenciamos de perto realidades como essa que pautei no meu projeto. É necessário termos um histórico ativo de atividades para iniciar uma ação, um projeto, para que, a partir do momento que iniciarmos algo, nos tornarmos protagonistas e fazer a diferença”, completou.

Fonte: Governo AP

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA