Acre

Em visita oficial, governador se coloca à disposição de Bocalom e propõe parceria

Publicados

em


Com o plano de tornar o Acre um verdadeiro campo de obras, otimizar os serviços públicos que beneficiem a população é uma das prioridades do governador Gladson Cameli para os próximos dois anos de gestão.

Pensando nisso, a começar por Rio Branco, o governador fez sua primeira visita oficial ao prefeito eleito Tião Bocalom e à vice, Marfisa Galvão, com o fim de oferecer apoio e também propor parceria para a execução de melhorias e obras públicas na capital.

Visita aconteceu na sede da Prefeitura de Rio Branco  Foto: Diego Gurgel/Secom

Desta mesma forma, o chefe do Poder Executivo estadual pretende fazer com os demais prefeitos, esperando apenas a eleição do novo diretor da Associação dos Municípios do Acre (Amac), que já deve acontecer nos próximos dias.

“Já tivemos outros encontros, mas agora, com a equipe de gestão da prefeitura formada, vim desejar boa sorte, formalizar meu apoio e me colocar à disposição para unir forças do estado com a prefeitura. O ano já começou e não quero que tenhamos desculpas para executar o que tiver de executar. Que possamos trabalhar juntos, priorizando o melhor para a população de Rio Branco”, disse Gladson Cameli

Leia Também:  Governador anuncia aumento de vagas do concurso da Polícia Civil
Governador quer fazer o mesmo diálogo com os demais gestores do Poder Executivo municipal Foto: Diego Gurgel/Secom

Tião Bocalom fez questão de receber o governador na entrada  da prefeitura. Honrado com a visita, ele apresentou parte de sua equipe em seu gabinete e também se colocou à disposição para firmar parcerias com o estado, destacando a importância de caminhar junto pelo mesmo objetivo.

“Desde a ligação que recebi do governador, logo quando fui eleito nas urnas, percebi que não haveria rivalidade. Como também na ida até Brasília e na apresentação do plano de gestão do governo. Fiquei maravilhado com os projetos que beneficiarão Rio Branco. Acho que os próximos anos serão sentidos pela população com essa parceria entre governo e prefeitura”, destacou.

Governador Gladson Cameli foi recebido pelo prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, na entrada da prefeitura Foto: Diego Gurgel/Secom

Antes de se despedir, o governador ainda ofereceu apoio à prefeitura em caso de possível alagação em Rio Branco, colocando à disposição o Centro Integrado em Operações Aéreas (Ciopaer), Segurança Pública e serviços de saúde. “Nós estamos monitorando a movimentação do rio e já estamos preparando os abrigos. Caso haja uma enchente, toda ajuda é bem-vinda e agradeço a disposição do governador”, finalizou Bocalom.

Leia Também:  Governo monitora cheia do rio e leva apoio a famílias atingidas em Tarauacá
Fonte: Governo AC

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Acre

Orçamento de 2021 prevê investimento superior a R$ 77 milhões na Saúde do Acre

Publicados

em


Enfrentar uma catástrofe global, provocada por um vírus altamente contagioso e que não conhece fronteiras, nunca foi uma hipótese cogitada, nem nos piores pesadelos de qualquer autoridade. Entretanto, priorizar as ações da Saúde sempre foi uma das principais metas do governador Gladson Cameli, ao assumir o governo do Acre, no dia 1º de janeiro de 2019.

Em 2021, o governo vai continuar investindo na melhoria constante dos serviços de saúde para atender a população acreana. No execução do orçamento de 2021, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) pretende investir R$ 77,6 milhões na construção de maternidades e hospitais, além das obras de ampliação e reforma nas unidades de todo o estado.

Alguns projetos, a exemplo da climatização e construção da unidade de atenção especializada do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), já estão na reta final Foto: Arquivo

“Os investimentos irão preencher vazios assistenciais, uma vez que vão proporcionar melhorias das estruturas que já existem, com reforma e ampliação, e a construção de novas unidades, impactando positivamente na sociedade e oferecendo um melhor serviço de saúde para quem depende do Sistema Único de Saúde”, destaca o secretário de Saúde, Alysson Bestene.

Leia Também:  Edição Especial do Diário Oficial é um marco na história dos seus 127 anos

De acordo com o programa de investimentos, serão construídas mais duas maternidades, uma em Feijó e outra em Rio Branco. O planejamento também prevê a construção do Hospital Regional de Brasileia e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA Porte II) em Cruzeiro do Sul, além da terceira etapa do prédio do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC).

Alguns projetos, a exemplo da climatização e construção da unidade de atenção especializada do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), já estão na reta final.

Fonte: Governo AC

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA