Acre

Em fase de elaboração, projeto da orla de Cruzeiro do Sul visa melhoria da mobilidade urbana

Publicados

em


O governador Gladson Cameli conheceu na manhã desta segunda-feira, 4, o projeto da orla de Cruzeiro do Sul, que está sendo elaborado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Regional (Sedur), uma grande obra para melhorar a mobilidade urbana e contribuir para elevar a qualidade de vida dos acreanos em Cruzeiro do Sul.

Gladson Cameli conheceu na manhã desta segunda-feira o projeto da Orla de Cruzeiro do Sul, que está sendo elaborado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Regional  Foto: Diego Gurgel/Secom

Os serviços se concentrarão na orla às margens do rio Juruá, desde a Ponte da União e se alargando para a região do bairro da Lagoa. O projeto consiste em seis setores: habitacional, comercial, esportivo, setor pescadores, setor cultural e o setor porto.

“Estou muito feliz em conhecer esse projeto que será muito importante para o nosso estado, assim como as orlas do Centro de Rio Branco e a do bairro 15. Vamos trabalhar para que elas se concretizem o mais breve possível, para o bem da nossa população”, afirmou Gladson Cameli.

O primeiro setor habitacional com uma área de 64.878,96 m² terá a construção de 33 prédios de apartamentos sociais, ao todo 462 apartamentos que atenderão 1.617 moradores. Neste local também serão construídos quatro edificações comerciais e quatro quadras poliesportivas.

Leia Também:  Governador Ronaldo Caiado lança projeto Desconto pela Retomada
Projeto consiste em seis setores: habitacional, comercial, esportivo, setor pescadores, setor cultural e o setor porto Foto: Diego Gurgel/Secom

O setor comercial com uma área de 47.145,27 m² irá dispor de pontos comerciais para investimentos. A nova orla também possuirá um setor esportivo com 20.762,48 m² área com capacidade para três mil pessoas, com quadras de areia, poliesportivas e praças.

A orla também possuirá o setor pescadores com uma área de 21.869,49 m², um lugar em homenagem aos pescadores do município. Este será uma área para vendas e exposições regionais que trarão a identidade de Cruzeiro do Sul.  Já o setor cultural contará com um museu, uma praça de alimentação, estacionamento e um mirante com uma área de 28.457,74 m².  E o sexto setor será o porto.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Regional (Sedur), Vinicius Otsubo Sanchez, o projeto foi realizado em uma concepção que mantém as características da região, as questões culturais e as famílias próximas ao centro, minimizando o impacto social e realçando as condições de vida da população de Cruzeiro do Sul.

“Fizemos uma concepção com a parte comercial para estimular o comércio local, mantendo as características da prática esportiva e valorizando a cultura e a região que necessita de condições de saneamento, respeitando o meio ambiente, tudo para o bem-estar da população de Cruzeiro do Sul”, destacou o secretário de Estado, Vinicius Otsubo.

Leia Também:  Gladson Cameli entrega ônibus escolares em Mâncio Lima e Rodrigues Alves
Fonte: Governo AC

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Acre

Orçamento de 2021 prevê investimento superior a R$ 77 milhões na Saúde do Acre

Publicados

em


Enfrentar uma catástrofe global, provocada por um vírus altamente contagioso e que não conhece fronteiras, nunca foi uma hipótese cogitada, nem nos piores pesadelos de qualquer autoridade. Entretanto, priorizar as ações da Saúde sempre foi uma das principais metas do governador Gladson Cameli, ao assumir o governo do Acre, no dia 1º de janeiro de 2019.

Em 2021, o governo vai continuar investindo na melhoria constante dos serviços de saúde para atender a população acreana. No execução do orçamento de 2021, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) pretende investir R$ 77,6 milhões na construção de maternidades e hospitais, além das obras de ampliação e reforma nas unidades de todo o estado.

Alguns projetos, a exemplo da climatização e construção da unidade de atenção especializada do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), já estão na reta final Foto: Arquivo

“Os investimentos irão preencher vazios assistenciais, uma vez que vão proporcionar melhorias das estruturas que já existem, com reforma e ampliação, e a construção de novas unidades, impactando positivamente na sociedade e oferecendo um melhor serviço de saúde para quem depende do Sistema Único de Saúde”, destaca o secretário de Saúde, Alysson Bestene.

Leia Também:  Professora Bebel aborda projeto de sua autoria que versa sobre a questão da alimentação escolar

De acordo com o programa de investimentos, serão construídas mais duas maternidades, uma em Feijó e outra em Rio Branco. O planejamento também prevê a construção do Hospital Regional de Brasileia e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA Porte II) em Cruzeiro do Sul, além da terceira etapa do prédio do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC).

Alguns projetos, a exemplo da climatização e construção da unidade de atenção especializada do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), já estão na reta final.

Fonte: Governo AC

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA